×
Loading ...

Efeitos colaterais do xarope propalin

O xarope propalin é prescrito por veterinários para tratar a incontinência urinária canina. Os efeitos colaterais da droga são raros, mas podem incluir alterações comportamentais, letargia, perda de apetite e diarreia. No entanto, a maioria destes efeitos surge apenas no caso de uma overdose.

O xarope propalin é prescrito por veterinários para tratar a incontinência urinária canina (Chris Amaral/Digital Vision/Getty Images)

Identificação

O xarope propalin é utilizado para tratar a incontinência urinária - ou seja, a incapacidade de reter a urina na bexiga - em cadelas. Esta condição geralmente pode ser detectada se um cão urina durante o sono, ou quando está deitado e acordado. A incontinência urinária é uma consequência da incapacidade do esfíncter uretral, que requer medicação ao longo da vida ou cirurgia. No entanto, como essa cirurgia corretiva tem uma taxa de sucesso muito baixa, os veterinários costumar prescrever a fenilpropanolamina, também conhecida como xarope de propalin. Essa droga aumenta o tônus ​​muscular do esfíncter uretral.

Loading...

Mudança no comportamento

O efeito colateral mais comum em cães é a agressividade e agitação - uma ocorrência que continua sendo muito rara. As alterações comportamentais que resultam da administração do xarope propalin não devem justificar a intervenção veterinária.

Letargia

A letargia e perda de apetite têm sido relatadas, mas apenas nos casos que sucedem uma overdose. No caso de sobredosagem, é uma boa ideia procurar atenção veterinária.

Diarreia

O xarope propalin contém sorbitol, que é conhecido por ter propriedades laxativas. Assim, é possível que um cão sofra de diarreia depois de ingerir a droga. No entanto, é improvável que este efeito colateral ocorra se a dose recomendada for aplicada. A menos que a diarreia seja severa e dure por um longo período de tempo, não é preciso a intervenção de um veterinário.

Precauções

O xarope propalin não deve ser guardado no refrigerador, mas armazenado longe da luz solar direta. Além disso, ele não pode ser usado em cadelas grávidas, e a pessoa que administra o medicamento não deve exceder a dose recomendada.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...