Como fazer uma égua que está amamentando ganhar peso

••• appaloosa mare and colt image by Lee O'Dell from Fotolia.com

Uma égua sofre uma grande pressão ao amamentar seu potro, seu corpo necessita de proteína e energia extra para permanecer saudável, pois ela deve fornecer nutrientes para o filhote. Além disso, muitas éguas reprodutoras ficam gestantes novamente dentro de uma ou duas semanas após dar à luz. Sem a alimentação e suplementos adequados, ela perde o peso e a condição corporal necessários para o bem-estar do seu filhote e dela mesma. Providenciar feno, grãos e minerais adequados à fêmea que está amamentando mantém os dois animais felizes e saudáveis.

Passo 1

Alimente a égua com aproximadamente 6 kg de feno rico em proteínas diariamente. O feno de legume ou capim com mistura de leguminosas fornece os 12% de proteína necessária por uma égua em lactação. Atribua aproximadamente 2,5 kg para a manhã e a noite e mais 2 kg à alimentação do meio-dia.

Passo 2

Faça uma mistura de 5 kg de grãos com aproximadamente 60% aveia, 30% de milho inteiro, 5% de farelo de soja, 5% de farelo de trigo, um bocado de melaço, uma colher de sopa de sal comum e uma colher de sopa de fosfato bicálcico diariamente. Alimente a égua com 2 kg de manhã, 1 kg ao meio-dia e mais 2 kg à noite.

Passo 3

Permita que o acesso à água seja sempre livre.

Passo 4

Substitua o feno de legume da égua por um de feno de capim total depois dela ter amamentado por três meses. Lentamente, adicione o novo feno durante um período de 10 a 14 dias, à medida que remove a mesma quantidade do antigo. Essa substituição reduz seus níveis de proteína conforme sua produção de leite diminui, evitando que ela fique obesa.

Passo 5

Reduza a quantidade de mistura de grãos da fêmea após três meses, diminuindo lentamente a quantidade durante um período de 10 dias a duas semanas. Uma égua que está amamentando saudável exige apenas 1 kg a 2 kg de grãos por dia durante o desmame.

Passo 6

Continue adicionando o suplemento de fosfato bicálcico à dieta até que o potro esteja totalmente desmamado, recomenda a fisiologista reprodutiva M. C. G. Davies Morel no livro "Equine Reproductive Physiology, Breeding and Stud Management".

Mais recentes

×