Como praticar reversão frontal em ginástica olímpica

••• Siri Stafford/Lifesize/Getty Images

A reversão frontal possui nível 4 de habilidade nas provas de ginástica olímpica. O seu domínio exige equilíbrio, forma, flexibilidade e força muscular. É a porta de entrada para um flic-flac frontal e pode ser desenvolvida e praticada aumentando gradualmente a flexibilidade, a posição correta e o momento certo.

Passo 1

Dê um impulso para virar de cabeça para baixo. Iniciantes terão dificuldade em levantar a segunda perna com força suficiente. Pratique em um colchão de ginástica ou na grama para sua segurança. Contraia os músculos abdominais, olhe para o chão e arqueie a coluna com os dedos do pé apontados para frente quando você ficar completamente na vertical, no ponto máximo da reversão.

Passo 2

Empurre os ombros na direção de onde você veio e contraia os glúteos. Permita que um impulso controlado arqueie suas costas e posicione os pés em posição de ponte.

Passo 3

Coloque todo o seu peso em seus pés e pressione imediatamente os quadris para a frente enquanto se posiciona firmemente de pé. Levante-se e traga os braços para cima de sua cabeça. Quando você for capaz de aterrissar com os dois pés, experimente o movimento como uma caminhada frontal, com uma perna de cada vez, fazendo um movimento fluido.

Passo 4

Se, quando quiser se levantar, você ficar preso na posição de ponte, balance para frente e para trás. Visualize sua cabeça e ombros subindo por último e será mais fácil concentrar a força do movimento nos quadris.

Passo 5

Aumente a flexibilidade nas costas e ombros apoiando-se para trás a partir de uma posição de joelhos e levantando várias vezes ao dia. Certifique-se de que o corpo esteja aquecido antes de praticar esse movimento para evitar lesões.

Mais recentes

×