×
Loading ...

Quais tipos de insetos vivem na Floresta Amazônica?

A Floresta Amazônica abriga aproximadamente 30 milhões de tipos diferentes de insetos. Dentre eles estão borboletas, besouros, aranhas, formigas e outras espécies não identificadas que se camuflam para ficarem escondidas de seus predadores. Mais de 90 por cento das espécies encontradas da Floresta Amazônica são insetos; são tantos que alguns até mesmo se parecem com aqueles encontrados em seu jardim.

A Borboleta-coruja pode ser encontrada na Floresta Tambopata no Peru (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Besouro-rinoceronte

Como uma larva, os besouros-rinocerontes alimentam-se de adubo e madeira apodrecida enquanto passam por três estágios de desenvolvimento antes de tomarem sua forma adulta. Existem mais de 300 tipos diferentes desse inseto e ele é considerado o animal mais forte do mundo já que consegue carregar 850 vezes o seu próprio peso. O chifre distintivo do besouro-rinoceronte é usado para atrair as fêmeas e brigar com os machos que tentarem invadir seu território alimentar.

Loading...

Aranha-lobo

As aranhas-lobo, assim como as tarântulas, parecem muito mais assustadoras do que realmente são. Encontradas em ambientes naturais, elas não fazem teias, mas sim enterram-se no solo. Geralmente marrom, o corpo longo da aranha-lobo é coberto de pelos. Esses insetos são venenosos, contudo sua picada não é uma ameaça ao ser humano. A maneira como a fêmea carrega seu saco na parte de baixo da barriga é fascinante, e quando chega a hora delas chocarem seus ovos, elas os arrastam no chão para que quebrem. Apesar dessa aranha ser nativa do Brasil, ela também pode ser encontrada em algumas partes da América do Norte e da Europa.

Borboleta-coruja

As borboletas-coruja, da família Nymphalidae, são grandes insetos tropicais que podem ser encontrados na Amazônia da América do Sul. A maioria delas fica tipicamente ativa durante o dia, porém elas são mais ativas durante o crepúsculo. Durante o dia você poderá vê-las descansando; quando fazem isso, suas asas ficam dobradas, expondo assim as suas cores de baixo, que parecem as de uma coruja. Contudo, o outro lado de suas asas apresenta azuis ou roxos vibrantes. Essa família de borboletas não só se alimenta de néctar, como também de excrementos e carcaças de outros animais e frutas podres.

Formiga-cortadeira

As formigas-cortadeiras vivem em grandes colônias, frequentemente com mais de três milhões de insetos, o que as torna as maiores consumidoras de vegetação em toda a Floresta Amazônica. Suas casas são morros gigantes, com nove metros de diâmetro e seis metros de profundidade. Com mandíbulas fortes o suficiente para quebrar pele humana, a formiga-cortadeira corta folhas e carrega-as para sua colônia. Nelas crescem fungos, que tornam-se os alimentos da colônia. Dentro da casa dessas formigas na Floresta Amazônica é o único lugar onde esse fungo em particular pode ser encontrado.

Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...