Como separar panelas de banho-maria grudadas

••• Hemera Technologies/PhotoObjects.net/Getty Images

Panelas para banho-maria são versáteis e permitem ao cozinheiro criar vários pratos que requerem uma fervura delicada ou que exigem que o alimento derreta lentamente. Infelizmente, alguns desses ingredientes podem transbordar e fazer grudar as duas partes da panela se não forem observados cuidadosamente. Separar essas panelas pode dar trabalho, mas, com determinação, é possível salvá-las.

Passo 1

Deixe a panela esfriar completamente, afinal, você não quer se queimar com restos de água fervente da parte de baixo. Vire-a sobre a pia e escorra o máximo de água possível.

Passo 2

Aponte o bico do spray para a fenda entre as panelas e borrife o óleo dentro, mexendo-as em direções opostas, se possível, para tentar descolar resíduos que estejam aderidos. Se isso não funcionar, siga para o próximo passo.

Passo 3

Encha a pia com a água bem quente e adicione detergente líquido. Coloque as panelas dentro da água e deixe-as de molho, torcendo as panelas de vez em quando em direções opostas sob a água para separá-las. Deixe de molho de um dia para o outro.

Passo 4

Encha novamente a pia com água quente com detergente e torça as panelas. Elas devem se separar depois de uma noite inteira de molho; caso contrário, siga para o próximo passo.

Passo 5

Coloque as panelas no congelador e deixe-as congelar. Retire-as do congelador. O metal e a água restantes dentro da panela reagirão à mudança de temperatura, causando uma leve mudança de tamanho. Essa leve mudança deve ser suficiente para permitir passar água quente sobre as panelas ao torcê-las. Se não funcionar, siga para o próximo passo.

Passo 6

Coloque gelo na panela de cima e leve as duas ao fogo em temperatura baixa. A diferença entre as temperaturas fará com as duas panelas reajam, alterando os tamanhos o bastante para que elas se separem.

Mais recentes

×