Solução caseira de oxidação negra

••• Comstock/Comstock/Getty Images

A oxidação negra proporciona um acabamento protetor e escuro aos metais. Ela é conveniente para a restauração de pistolas velhas, relógios antigos com detalhes metálicos e outros trabalhos artesanais feitos com metais ferrosos, como ferro forjado, carbono e alguns aços. Para fazer uma solução caseira de oxidação negra, você precisa ter acesso a dihidrogenofosfato de zinco ou de manganês, água, um tanque e um agente oxidante, como o nitrato.

A solução de fosfato

Para preparar a solução de imersão de fosfato, encha um tanque com água até 15 cm abaixo do nível máximo. Acrescente o fosfato, de acordo com as instruções do fabricante. Acrescente mais água, até chegar à borda. Aqueça a solução até ficar entre 82 e 88 graus Celsius. Acrescente 7,5 gramas de nitrato de sódio, o acelerador de oxidação, para cada 100 litros de água.

A limpeza do metal

Antes de imergir o metal, a superfície dele deve estar completamente limpa. Até mesmo pequenos traços de óleo podem tingi-lo de amarelo. Além disso, saiba que diferentes tipos de aço oxidam em cores ligeiramente diversas. Nenhum esforço ou polimento a mais mudará isso. A única maneira de alcançar uma oxidação uniforme é trabalhando com metais iguais.

A imersão do metal

Quando a solução estiver aquecida, mergulhe o metal por 45 minutos. Durante os primeiros 15 minutos, o hidrogênio gasoso será visivelmente liberado do tanque. Se o desprendimento visível do hidrogênio não cessar após 15 minutos, retire o metal. Quando terminarem os 45 minutos, mergulhe completamente o metal em água não aquecida, durante três minutos.

Tenha cuidado

Misturar produtos químicos pode ser perigoso. Sempre saiba com quais elementos químicos está trabalhando e quais reações eles causarão. Se tiver alguma dúvida, não continue até consultar um fornecedor de produtos químicos ou outro especialista. Sempre faça misturas de soluções ao ar livre.

Mais recentes

×