O que aconteceu no Massacre de Boston?

Escrito por stanley goff | Traduzido por nicolle roesner
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que aconteceu no Massacre de Boston?
Pinturas dramáticas do incidente de 1770 foram usadas como propaganda (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

Imortalizado na história norte-americana como o Massacre de Boston, o incidente ocorrido em 1700 envolveu oito soldados que protegiam a alfândega de um tumulto causado por uma multidão. Três homens foram mortos e onze ficaram feridos durante o incidente, sendo que dois deles morreram mais tarde por causa dos ferimentos. O termo "massacre" foi utilizado como um dispositivo polêmico por propagandistas anti-britânicos, mesmo que o julgamento que se seguiu dirigido por autoridades da colônia - com o ativista anti-britânico John Adams como o advogado de defesa dos soldados - tenha absolvido todos, a exceção de dois.

Outras pessoas estão lendo

Desenvolvimento

Precedendo o incidente na Alfândega de Boston, as tensões entre autoridades britânicas e moradores de Boston tinha crescido em torno da resistência às Tarifas Townshend, que eram leis autorizando os britânicos a cobrar impostos sobre o comércio. As figuras mais visíveis da autoridade britânica eram os oficiais da alfândega e eles se tornaram o alvo da hostilidade local. Em 1768, um navio de guerra britânico foi enviado a Boston para proteger os oficiais da alfândega, oportunidade na qual a marinha britânica começou a forçar os moradores de Boston a entrar no serviço militar, inflamando ainda mais as tensões.

O incidente Seider

Em 22 de fevereiro de 1770, um criado de 11 anos de idade chamado Christopher Seider começou a difamar uma loja que vendia produtos britânicos. O oficial da alfândega de Boston, Ebenezer Richardson, o repreendeu e mais tarde Seider apareceu em frente a casa de Richardson. Seider estava com outros meninos, que mais tarde foram acompanhados por adultos. A multidão jogou pedras na janela de Richardson que, em resposta, disparou uma carga de chumbo fino para fora da janela para dispersar a multidão, matando o jovem Seider. O incidente foi transformado em uma causa política por patriotas locais e estava na boca da multidão que cercou a Alfândega da King Street, no dia 5 de março.

Gerrish e White

Um aprendiz de comerciante chamado Edward Gerrish se posicionou na frente da Alfândega da King Street no dia 5 de março e gritou para o oficial que estava lá dentro, tenente John Goldfinch, que Goldfinch tinha fraudado o mestre dele - um peruqueiro - em uma conta. A acusação era falsa, como estabelecido durante um julgamento, e Goldfinch ignorou Gerrish. O aprendiz, com raiva, saiu de lá e voltou mais tarde com diversos companheiros. Um soldado, Hugh White, estava guardando a alfândega sozinho. Gerrish e seus companheiros discutiram com White e ele atingiu Gerrish no meio do rosto. Mais moradores de Boston acompanharam o grupo e de noite a multidão enfurecida tinha crescido para mais de 300 pessoas. O soldado White tinha sido deixado sozinho e estava enfrentando a multidão raivosa que focou toda a hostilidade nele. White foi forçado a se trancar na alfândega, para onde foi enviado um grupo de sete soldados da guarda principal para protegê-lo.

Os tiros

A multidão atirou objetos nos soldados, que fixaram as baionetas para segurar os moradores de Boston. Um estalajadeiro chamado Richard Holmes bateu em um soldado que disparou um tiro. Na confusão que se seguiu, diversos tiros foram disparados - aparentemente sem coordenação ou comando - e três homens foram mortos: Crispus Attucks, um marinheiro mulato local; Samuel Grey, um fabricante de corda local; e James Caldwell, um marujo bêbado. Um jovem chamado Samuel Maverick morreu horas depois por causa de um ferimento e um irlandês chamado Patrick Carr morreu duas semanas depois. No dia seguinte, os britânicos removeram todas as tropas da cidade.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível