Alimentos que fortalecem os boxeadores

Escrito por lee morgan | Traduzido por pedro santos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Alimentos que fortalecem os boxeadores
A dieta é essencial para o sucesso de um boxeador (Jupiterimages/Goodshoot/Getty Images)

O boxe é um esporte físico, para dizer o mínimo. Os lutadores que tentam competir nesta atividade e não estão em boa forma física, sem alimentação adequada, terão dificuldade para obter sucesso no ringue. Um boxeador inteligente sabe como se cuidar dentro e fora do ringue, ao adotar uma rotina de exercícios e uma dieta nutritiva, enquanto aperfeiçoa suas habilidades de luta. Para manter a força necessária para competir efetivamente, os boxeadores precisam comer certos tipos de alimentos e evitar outros.

Outras pessoas estão lendo

Alimentos pré-luta

Talvez o fator mais importante para se vencer uma luta de boxe seja não ficar fatigado antes do outro lutador. Uma refeição pré-luta, normalmente, é consumida cerca de 2 horas antes do combate, para dar força e assegurar que você será capaz de durar o máximo possível sob a pressão de uma luta. Normalmente, os melhores alimentos para se consumir antes de uma luta são alimentos com pouca glicose como cereais integrais, sanduíches de pão integral com pouca proteína e pouca gordura, que poderiam tornar a digestão lenta, de acordo com o site Workout-X. Alimentos que podem encorajar diarreia nervosa ou gases devem ser evitados. Alimentos pré-luta devem ser consumidos em pequena quantidade. Comer demais pode deixar um boxeador lento e desconfortável no ringue.

Alimentos para recuperação

Assim como a refeição pré-luta, a refeição consumida após a luta é igualmente importante para promover a recuperação. Os alimentos escolhidos depois da luta devem ajudar a restaurar os níveis de glicogênio e, prevenir que o corpo consuma seus próprios músculos como fonte de energia para manter a força para lutas futuras. Refeições ricas em proteínas e carboidratos são excelentes para o período de recuperação. O consumo de carnes, massas ou outros alimentos repletos de proteínas e carboidratos deve continuar a cada 2 horas, por 6 horas consecutivas após a luta, para reparar os tecidos musculares e acelerar a recuperação. Depois de 6 horas, o boxeador deve voltar ao seus hábitos alimentares normais.

Água

A água é uma parte incrivelmente importante da dieta de um boxeador durante os treinos, antes, durante e depois de uma luta. Todas as contrações musculares precisam de água e eletrólitos e, isto, inclui as contrações do músculo cardíaco. Hidratação apropriada é essencial para que se atinja a performance máxima e para que o lutador se recupere depois dos treinos e lutas. Pesagens feitas regularmente, antes e depois dos treinos, podem mostrar o quanto de peso de água o boxeador perdeu durante o treino. Sempre reponha os líquidos com uma vez e meia a água perdida durante a sessão de treinamento.

Alimentos a evitar

Existem certos tipos de alimentos que simplesmente não combinam com as necessidades nutricionais de um boxeador. Segundo o site Talk Boxing, os boxeadores devem evitar alimentos que lhes dão uma explosão de energia rápida mas, fazem com que se sintam cansados mais tarde. Algumas das comidas que um boxeador deve evitar incluem alimentos fritos, lanches do tipo “fast food”, doces, refrigerantes, gorduras saturadas e alimentos processados.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível