Mais
×

Como analisar a uma obra de arte

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Muitas vezes, as pessoas visitam museus sem saber como analisar uma obra de arte. Quando vêem uma pintura, ficam sem palavras ou dizem "Humm, interessante," depois passam para a próxima pintura. Você não precisa ser um historiador de arte ou mesmo fazer um curso de História da Arte básico para analisá-la e ter uma ideia sobre uma obra ou um artista.

Instruções

Munido com algumas perguntas, você poderia analisar uma simples pintura por vários minutos (Comstock Images/Comstock/Getty Images)
  1. Evite ler a etiqueta em uma obra de arte quando você a vê pela primeira vez. Tente entendê-la antes de deixar que algo influencie sua opinião.

  2. Obtenha uma primeira impressão avaliando se a obra de arte desperta algumas emoções, como tristeza, felicidade, medo ou confusão (isso é normal).

  3. Observe as linhas. Avalie se são suaves e leves como as pinturas de Renoir, ou escuras e fortes. Olhe como o artista as usou, por exemplo, Van Gogh usou-as para mostrar as correntes de vento em noite estrelada, enquanto Munch as utilizou em "O Grito", para exibir ondas sonoras.

    "A Mulher de Preto", de Auguste Renoir (Photos.com/Photos.com/Getty Images)
  4. Observe as cores e os tons, e como criam o temperamento da obra de arte.

  5. Procure símbolos possíveis, especialmente em pinturas religiosas. Uma pomba geralmente representa o Espírito Santo, enquanto uma serpente simboliza o mal. Quanto mais você analisar a arte, reconhecerá e compreenderá ainda mais esses símbolos.

  6. Observe a composição e a perspectiva da obra de arte, inclusive se é cheia de detalhes, simétrica, e o ângulo. Por exemplo, em "A Última Ceia" de Tintoretto, a composição e a perspectiva estão em um ângulo de cima, que é diferente da maioria das pinturas de "A Última Ceia", que costumam ser simétricas e centralizadas.

    "A Última Ceia" de Domenico Ghirlandaio (Photos.com/Photos.com/Getty Images)
  7. Observe a luz e a sombra. Muitas vezes, os artistas usam a luz para dar um efeito dramático, como na pintura de Carravaggio "A Conversão de São Paulo". A luz pode dizer também a hora do dia na pintura e se vêm de fonte natural (como um relâmpago) ou artificial (lanterna).

  8. Use todos as informações que você recolheu até agora para compreender o tema, que é a mensagem da pintura.

  9. Agora olhe a etiqueta. Ela deve informar pelo menos o nome da obra de arte, o artista e a data. Às vezes, ela também indica sobre o que é a obra. Por exemplo, a famosa pintura "Mãe de Whistler” é, na verdade, chamada de "Arranjo em Cinza e Preto": "A Mãe do Artista". Isso mostra que o artista estava mais concentrado no arranjo de cores do que no amor por sua mãe.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article