Bioacumulação de metais pesados ​​em algas

Escrito por carla jean mckinney | Traduzido por rebecka villarreal
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Bioacumulação de metais pesados ​​em algas
Algas absorvem metais pesados em águas poluídas (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

Desde formas microscópicas chamadas fitoplâncton até algas que medem vários metros de comprimento, muitas espécies de algas são encontradas em ambientes marinhos e terrestres. Estes organismos, que se assemelham a plantas verdadeiras, absorvem metais pesados​​, como ferro, níquel, zinco e cádmio, em ambientes poluídos. Devido a isso, as algas servem como um barômetro para ambas as toxinas no oceano e como um meio de limpar estas toxinas do ambiente marinho.

Outras pessoas estão lendo

Toxinas de metais pesados

Os metais pesados ​​entram nas hidrovias por diferentes fontes, principalmente pelo escoamento de estradas, que carrega zinco, chumbo e cobre. Pequenas quantidades de níquel, cádmio e outros metais vão de bueiros direto para o mar. Resíduos industriais também enviam quantidades de metais pesados ​​para os oceanos e rios. Estes metais afundam e a vida marinha, especialmente as algas, absorvem-nos.

Algas e bioacumulação de toxinas

Existem várias espécies de algas em todo o mundo, sendo uma delas a alga marrom, que prospera em áreas altamente poluídas. As algas absorvem as toxinas do metal pesado e levam-nas ao longo de sua vida útil. Algumas formas de microalgas podem carregar até 10% da sua biomassa com metais. A biodiversidade sofre em áreas com altas concentrações de metais, pois espécies de algas que moram nessas áreas demonstram uma alta tolerância à toxicidade de metal.

Monitorando a poluição

As algas acumulam toxinas de metais pesados ​​e transporta-os rapidamente em todas as partes do organismo, tornando possível medir os níveis de metais pesados ​​nas populações de algas em todo o mundo e fornecendo informações sobre a poluição das águas. Ao observar variações anuais do bioacumulação de metais em algas, a localização e a quantidade de metais pesados ​​podem ser rastreadas.

Algas que limpam toxinas

Pesquisas sobre a limpeza das águas de metais pesados ​​têm explorado a capacidade de algas para absorver essas toxinas. Transgênicas, ou geneticamente modificadas, as algas têm sido desenvolvidas com capacidades para absorver os metais de ligação em seus tecidos. Essas variantes de algas são cultivados com a finalidade específica de biodegradar metais pesados ​​e removê-los da água contaminada. Quando introduzidas em áreas poluídas, estas espécies de algas transgênicas espalham-se rapidamente, atraindo toxinas da água em uma taxa maior do que ocorreria naturalmente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível