Mais
×

Câncer nos ossos em cães e raios-X

Atualizado em 19 julho, 2017

Câncer nos ossos em cães geralmente refere-se ao osteossarcoma, embora outros tumores cancerígenos também ocorram. Na maioria das vezes, o osteossarcoma se desenvolve nos ossos maiores das pernas de cães grandes. Os raios-x podem ser utilizados, tanto para o diagnóstico desses tumores como no tratamento com terapia de radiação.

Raios-x para diagnóstico de câncer nos ossos de cães (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Tumores malignos vs. tumores benignos

Um tumor é resultado do crescimento descontrolado de células. Os tumores benignos nos ossos geralmente crescem em um local, mas não se espalham para zonas remotas do corpo, e não são chamados de câncer. Os tumores malignos nos ossos são aqueles que podem metastar, espalhando-se para locais remotos do corpo. Tecidos ósseos e associados, como a cartilagem, são chamados de tecidos conjuntivos. Os tumores que se desenvolvem a partir do tecido conjuntivo, ou a partir de tecido muscular, são chamados sarcomas.

Existem diferentes tipos de tumores nos ossos de cães (dog image by Michal Tudek from Fotolia.com)

Tipos de tumores malígnos nos ossos em cães

Osteossarcoma, o tumor ósseo maligno mais comum, está protegido por células que são parentes das células que normalmente produzem a matriz calcificada, que deixam os ossos fortes. Porém, há outros tumores ósseos malignos em cães.

Outros tipos de tumores ósseos malignos em cães

O condrossarcoma é um tumor nas células da cartilagem. Em contraste com o osteossarcoma, esse outro tumor ocorre principalmente em ossos chatos e nas costelas, ao invés dos ossos longos. Outros sarcomas podem ocorrer em outras partes do osso, tais como nos revestimentos das cápsulas articuladoras. Carcinomas, tumores malignos que se desenvolvem a partir de células epiteliais, também podem ocorrer no osso do cão. O carcinoma nas células escamosas ocorre no periósteo, camada exterior dos ossos.

Diferentes tipos de câncer ósseo são mais propensos a se desenvolverem em diferentes tipos de osso (health image by Zbigniew Nowak from Fotolia.com)

Raios-x no diagnóstico de osteossarcoma canino

Os raios-x são extremamente úteis no diagnóstico de osteossarcoma, porque o tumor tem uma aparência muito distinta em comparação com os ossos saudáveis que estão próximos. Uma característica típica do osteossarcoma em um raio-x é conhecido como um "raio solar padrão", que aparece como uma área escurecida com linhas que irradiam para fora. As radiografias provavelmente revelam o osteossarcoma; no entanto, o diagnóstico deve ser confirmado por meio de biópsia.

Tratamento de osteossarcoma canino muitas vezes envolve a amputação do membro afetado (hemostats image by Albert Lozano from Fotolia.com)

Raios-x no tratamento de câncer ósseo nos cães

Cirurgia (particularmente amputação do membro) e quimioterapia são as bases do tratamento de osteossarcoma canino, já que o tratamento com radiação, usando feixes de raios-x, não tem demonstrado curar a doença. No entanto, tal radiação é usada para diminuir tumores que são muito grandes para uma cirurgia, ou como tratamento paliativo para deixar o cão mais confortável. Abordagens semelhantes são utilizadas em casos de condrossarcoma.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article