Causas e efeitos da urbanização

Escrito por brian gabriel | Traduzido por jesse mourao
Causas e efeitos da urbanização

A urbanização está crescendo em ambos os países menos e mais desenvolvidos

Thinkstock/Comstock/Getty Images

A urbanização é a mudança de uma sociedade rural para uma sociedade urbana, trazendo uma grande concentração de pessoas para vilas e cidades. Este processo geralmente ocorre quando uma nação está ainda em desenvolvimento. A tendência para a urbanização é um fenômeno mundial. A principal causa da urbanização global são as novas oportunidades econômicas que ela traz para as pessoas e governos, no entanto, ela tem efeitos positivos e negativos sobre a sociedade.

Outras pessoas estão lendo

Causas econômicas

Thinkstock/Comstock/Getty Images

Os trabalhadores movem-se para os centros urbanos para encontrar melhores oportunidades econômicas. A Revolução Industrial e a subsequente mudança de empregos agrícolas para trabalhos em fábricas tornou rentável para as empresas estabelecer suas fábricas nas grandes cidades com abundância de trabalhadores locais. Há muitas vezes uma grave falta de recursos em áreas rurais, como a tecnologia médica, o que leva mais pessoas para as cidades. Nos países em desenvolvimento, como a África, o aumento natural da população e migração foram grandes fatores na urbanização. As pessoas são levadas a sair da pobreza rural para áreas urbanas quando eles têm dificuldades para cuidar de suas famílias em crescimento, as cidades oferecem emprego, comida, abrigo e educação.

Efeitos sociais negativos

Thinkstock/Comstock/Getty Images

A urbanização tem muitos efeitos adversos sobre a estrutura da sociedade, como concentrações gigantescas de pessoas que competem por recursos limitados. A construção de habitação rápida leva à superlotação e favelas, que experimentam grandes problemas como a pobreza, falta de saneamento, desemprego e altas taxas de criminalidade. Além disso, a pressão sobre os recursos naturais importantes, tais como abastecimento de água, leva a preços mais altos e problemas de sustentabilidade ambiental.

Efeitos psicológicos negativos

Thinkstock/Comstock/Getty Images

A urbanização torna as pessoas dependentes de outras pessoas para as necessidades básicas; - moradores urbanos devem contar com a área rural para a produção agrícola, por exemplo, porque os moradores da cidade não têm terra suficiente para cultivar seu próprio alimento. Os moradores urbanos sofrem a degradação psicológica que surge devido a dependência de outras pessoas para realizar as atividades da vida diária, desde o transporte à educação e ao entretenimento. Escrevendo no "Anatolian Journal of Psychiatry", em 2008, M. Tayfun Turan e Asli Besirli descobriram que os problemas sociais associados com as sociedades urbanas, os problemas de trânsito e da ansiedade geral sobre o futuro contribuiu para um aumento de distúrbios metais.

Efeitos positivos

Thinkstock/Comstock/Getty Images

A urbanização oferece oportunidades econômicas reais para as pessoas que de outra forma seriam destinadas a viver sem esperança de melhoria econômica. Há um crescimento global das possibilidades comerciais com a urbanização, resultando em mais lucros e mais empregos. À medida que a economia cresce, toda a sociedade se beneficia com as melhorias internas, seja por meio da base de tributação ou por meio da concorrência entre as organizações privadas. Outro benefício da urbanização é que o agrupamento de pessoas permite a integração social e cultural em um nível indisponível para populações espalhadas em áreas rurais.

Não deixe de ver

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media