Como comer bem em uma dieta para diverticulite

Escrito por donna porter | Traduzido por max jahnke
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como comer bem em uma dieta para diverticulite
As fibras são componentes necessários para uma dieta voltada ao tratamento da diverticulite (Brand X Pictures/Brand X Pictures/Getty Images)

A diverticulite é uma condição grave envolvendo uma infecção nos intestinos e que frequentemente causa uma dor significativa até que a infecção seja tratada e a inflamação suma. Algumas vezes é necessário fazer cirurgia, mas frequentemente crises futuras podem ser minimizadas ou prevenidas com uma dieta saudável e com alto teor de fibras. Embora as recomendações do médico sempre devam ser seguidas, estas dicas podem lhe ajudar a comer bem quando fizer uma dieta para diverticulite sem sacrificar o gosto da comida.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Recomendações de um médico
  • Uma variedade de comidas que sejam fontes de fibra

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Siga as ordens do médico durante e a após uma crise de diverticulite. Até que o problema da infecção seja resolvido e a inflamação suma, os pacientes primeiramente terão uma dieta com baixo teor de fibras. Verifique os rótulos cuidadosamente, uma vez que comidas similares podem variar muito em seus níveis de fibra.

  2. 2

    Inicie adicionando fibras gradualmente conforme for recomendado e, conforme o for fazendo, aumente a quantidade de líquido que você bebe. Caso não goste de beber água pura, tente as águas flavorizadas, os chás permitidos pelo médico, sucos sem polpa ou outras bebidas não carbonatadas e sem cafeína. Alterne estas bebidas com água para conseguir equiparar a sua recomendação diária de líquidos da dieta.

  3. 3

    Coma vegetais e frutas que você goste e que sejam permitidos em sua dieta. Se você não gosta muito de vegetais, coma mais frutas e vice-versa. A maioria dos pacientes podem comer as sementes das frutas e vegetais, como aquelas que encontradas em pepinos e tomates, mas alguns outros pacientes não o conseguem sem ter uma piora nos sintomas. Considere a ingestão de suco de vegetais se você gosta do sabor, mas consulte o seu médico antes.

  4. 4

    Seja criativo com as suas refeições para adicionar mais fibras sem sacrificar o gosto. Se você não gosta de pão preto, tente começar comendo pão integral. Para comidas que contenham baixos índices de fibra, como as baguetes, tente adicionar um pouco de gérmen de trigo ou farelo de soja. Até mesmo biscoitos de chocolate podem ser melhorados em termos de quantidade de fibras se for adicionado um pouco de aveia.

  5. 5

    Comece a ingerir fibras já cedo do dia. Alguns cereais e barras que tenham no seu rótulo a palavra "fibra" podem vir a conter de 1/3 a 1/2 da quantidade total de fibras necessária em sua dieta, enquanto outros cereais que parecem ser nutritivos contêm apenas um ou dois gramas. Ler os rótulos é essencial.

  6. 6

    Aprenda como fazer uma variedade de receitas de feijão se a sua dieta atual não tiver essa comida com altos índices de fibra. Existe uma grande quantidade de feijões, cada um com o seu sabor único, de modo que você pode vir a preferir uns em vez de outros. No entanto, quando for fazer chili, utilize feijão carioca, preto ou vermelho para obter um gosto diferente. Pasta de feijão também são um saboroso lanche e você pode temperá-los com alho e queijo, se quiser.

  7. 7

    Substitua os lanches com pouca fibra como chips por biscoitos integrais. Também pergunte ao seu médico sobre a possibilidade de comer pipoca sem casca caso você seja um fã de pipoca. Os biscoitos de milho também são uma opção saborosa para inserir na sua dieta em vez dos biscoitos normais.

Dicas & Advertências

  • Se você tiver sintomas ou problemas de desconforto intestinal, crie um diário com notas sobre a sua dieta diária e a discuta com o seu médico.
  • Nunca desobedeça as recomendações médicas da sua dieta sem antes fazer uma consulta.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível