Como construir uma boa relação entre pai e filha

Escrito por marisa swanson | Traduzido por jessica gregorio de souza
Como construir uma boa relação entre pai e filha
Pais que passam o tempo ao lado de suas filhas aumentam a felicidade e a autoestima delas (Getty Images)

Nunca é demais falar sobre a importância de uma boa relação entre pai e filha. Meninas que possuem uma relação próxima com o pai tendem a obter sucesso acadêmico e em suas carreiras, ter relacionamentos amorosos positivos e a serem autoconfiantes. Elas têm menos tendência a desenvolverem distúrbios alimentares, depressão e ansiedade. Existem alguns passos que um pai deve seguir para criar um vínculo com sua filha, de modo a auxiliá-la a ter uma transição suave entre a infância e a idade adulta.

Instruções

  1. 1

    Comece cedo. Você pode construir um vínculo com sua filha desde o dia em que ela for trazida do hospital para sua casa. Mesmo enquanto ela ainda for um bebê, a sua presença vai ajudá-la a se familiarizar e ter sentimentos de amor incondicional. Participe dos cuidados com o bebê. Trocar fraldas, cuidar dela quando ela acordar no meio da noite, alimentá-la e brincar junto são alguns modos de participar.

  2. 2

    Seja um bom exemplo. Trate bem a mãe dela, mesmo se vocês forem separados. É importante para sua filha ver que um homem se comporta de maneira respeitosa e gentil com uma mulher. Dessa forma, ela terá a noção de uma dinâmica saudável entre casais.

  3. 3

    Realizem atividades juntos. Dê crédito às coisas que a sua filha gosta acompanhando-a em eventos e atividades que ela aprecia, como peças de teatro, cinema ou um dia de passeio divertido. Se ela gostar de ler, leia com ou para ela. Esteja aberto a ensiná-la atividades que você gosta. Leve sua filha para jogos ou ensine-a a esquiar ou pescar.

  4. 4

    Demonstre interesse na vida escolar e social de sua filha. Ajude-a com os deveres de casa e pergunte como foi o seu dia. Tente conhecer os amigos dela e chamá-los pelo nome.

  5. 5

    Para construir a autoestima de sua filha, elogie-a quando tirar boas notas, vencer um concurso ou quando estiver orgulhoso por alguma conquista realizada por ela. Tenha sempre uma atitude positiva e motivadora.

  6. 6

    Expresse suas emoções. Diga regularmente à sua filha que você a ama e que se orgulha dela. É importante que ela sinta que tem a sua aprovação.

  7. 7

    Evite fazer críticas desnecessárias, mesmo de brincadeira. Alguns pais usam o senso de humor para desviar situações desconfortáveis ou como um modo de dar uma lição. Esse comportamento pode deixar a criança confusa, e sua filha pode não entender que você está brincando. Seja direto. Repreenda-a se ela se comportar mal, mas não critique sua personalidade como indivíduo. Nunca critique sua reputação na escola ou sua aparência, uma vez que esse assunto é especialmente delicado para meninas.

  8. 8

    Continue sendo afetuoso. À medida que as meninas crescem, o grau de afeição entre elas e o pai tende a mudar ou até a diminuir. Quando ela começar a amadurecer e tornar-se uma mulher, continue sendo carinhoso: abrace-a, faça carinho em seus ombros e beije a sua testa.