Curas para a doença da arranhadura do gato

Escrito por anna aronson | Traduzido por josciel sousa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Curas para a doença da arranhadura do gato
Tenha cuidado ao brincar com gatos, especialmente os filhotes (Comstock Images/Comstock/Getty Images)

A doença da arranhadura do gato é uma infecção bacteriana que tipicamente se desenvolve após alguém ter sido mordido ou arranhado por um gato doente. A infecção geralmente se desenvolve onde a injúria ocorreu e é visível como um pequeno caroço ou pápula. Os sintomas comuns incluem linfonodos inchados, febre, perda de apetite, dores de cabeça e fadiga. Os gatos carregando as bactérias ofensivas não desenvolvem sintomas pela infecção. A maioria dos casos dessa doença não são graves e são bem simples de serem tratados.

Outras pessoas estão lendo

Sem tratamento

Em indivíduos saudáveis, a doença da arranhadura do gato tipicamente se resolverá espontaneamente sem tratamento médico. Pode levar algumas semanas, mas quase todos os pacientes terão uma recuperação completa. Para ajudar a tratar alguns dos sintomas incômodos, como febre e dor de cabeça, os pacientes podem tentar usar analgésicos de venda livre e antitérmicos, como ibuprofeno e acetaminofen. Os pais nunca devem dar aspirina para seus filhos devido à possibilidade de desenvolvimento de uma condição chamada de síndrome de Reye.

Antibióticos

Alguns médicos podem escolher prescrever antibióticos orais para pacientes cujas infecções não parecem estar sendo eliminadas ou em pessoas com sistema imune suprimido ou enfraquecido. Esses remédios precisarão ser tomados até que as pápulas que se formam na pele como resultado da infecção desapareçam, o que pode levar de três a quatro semanas. É importante tomar todos os medicamentos prescritos para prevenir o retorno da infecção.

Prevenção

Etapas simples podem prevenir a pessoa de contrair a doença da arranhadura do gato. Por exemplo, evite brincar agitadamente com esses animais, especialmente filhotes, que são mais brincalhões e também mais prováveis de carregar a bactéria que causa a condição. As crianças também devem ser lembradas de não brincar com os gatinhos. Se você for arranhado ou mordido, lave completamente a área. Além disso, não deixe gatos e seus filhotes lamberem cortes, arranhões ou feridas abertas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível