Depressão e sintomas neurológicos

Escrito por stephanie kadel | Traduzido por mariana mendonça
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Depressão e sintomas neurológicos
A depressão afeta diretamente o cérebro e, portanto, tem vários sintomas neurológicos (Image by Flickr.com, courtesy of dierk schaefer)

Depressão maior, ou grave, é uma doença mental mais comumente associada com sintomas relacionados ao humor, como tristeza e falta de motivação. No entanto, a depressão pode causar vários problemas neurológicos, de falhas de memória a falta de apetite.

Outras pessoas estão lendo

Características

A depressão maior é uma doença mental comum e incapacitante que afeta profundamente o funcionamento do cérebro. A mesma química do cérebro que sabe-se influenciar a depressão também desempenha importante papel em regular o sono, apetite, digestão, memória, concentração e função muscular.

Sintomas

Sintomas neurológicos de depressão podem incluir pouca concentração, perda de memória, mudanças significativas no sono, apetite e nível de energia, e retardo nas funções psicomotoras (redução significante de movimento) e de estímulo (agitação, espasmos).

Considerações

Já que cada cérebro é único, os sintomas neurológicos da depressão podem variar drasticamente e até mesmo serem paradoxais. Por exemplo, uma pessoa deprimida pode ter insônia (dificuldade em dormir), ou hipersonia (dormir demais). Algumas pessoas deprimidas relatam sentirem-se fracas e cansadas, enquanto outras sentem-se agitadas e inquietas.

Outros sintomas

Outros sintomas neurológicos medicamente menos óbvios incluem perda de memória, incapacidade de concentração, diminuição da capacidade de resolução de problemas, ou uma sensação de se estar "enevoado" ou "desligado".

Diagnóstico

Tal como acontece com qualquer doença, os médicos diagnosticam a depressão maior com base em um grande grupo de sintomas que ocorrem simultaneamente, em vez de um ou dois problemas sozinhos. Já que qualquer um dos sintomas listados acima pode ser causado por outras doenças graves, o médico responsável irá investigar outras possíveis causas antes de diagnosticar a depressão.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível