Os desafios que os africanos enfrentam ao sul do Saara

Escrito por ocean malandra Google | Traduzido por márcia burke
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Os desafios que os africanos enfrentam ao sul do Saara
O deserto do Saara divide o país em dois (Ablestock.com/AbleStock.com/Getty Images)

Considerada separada do norte da África, que se encontra principalmente acima do deserto Saara e é considerada parte do mundo árabe, a África Subsaariana é uma designação geográfica e cultural. Os países que se encontram ao sul do deserto constituem uma parte única do mundo. Eles compartilham os problemas específicos relacionados à globalização, pobreza e uma história parecida, que inclui o colonialismo e filiações tribais.

Outras pessoas estão lendo

HIV e AIDS

A África Subsaariana é um ponto de epidemia na crise global da AIDS. De acordo com a "University of California, San Francisco Medical Center" (Centro Médico de São Francisco na Universidade da California), dois terços de toda a população soropositiva no mundo residem nessa região. Embora os números difiram de país para país, as mulheres são desproporcionalmente mais afetadas pela doença, com quase 12 milhões de infectadas com o vírus em 2007. Em alguns países, a crise se estabilizou e até diminuiu, mas a epidemia em curso continua a ser um dos maiores desafios enfrentados pela região.

Desafios ambientes

Apesar de rico em recursos naturais, a África Subsaariana tem uma alta taxa de destruição ambiental devido à exploração. De acordo com o African Technology Forum, no final de 1990, a África tinha 30 % das florestas tropicais do mundo, quase todos na África Subsaariana. A taxa de desmatamento na África é maior do que a taxa média global. Isso ocorre porque as florestas não são apenas eliminadas por madeireiros e outras empresas de madeira comercial que enfrentam pouca regulamentação, mas também é eliminada por agricultores e aqueles que usam a madeira para combustível. Encontrar soluções para esse problema do desmatamento é um dos maiores desafios que a região enfrenta.

Escassez de alimentos

Apesar da África Subsaariana ser rica em recursos naturais, as políticas de propriedade da terra e a história do colonialismo causaram um deslocamento de muitos para as regiões urbanas, com pouco acesso à terra ou ao cultivo dela. De acordo com a "Food and Agriculture Organization of the United Nations"(Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura), 24 países da África Subsaariana estão enfrentando emergências alimentares. A escassez de alimentos está afetando até 70 % da população de alguns países, principalmente devido ao aumento dos preços de produtos básicos como o milho, e as interrupções de golpes políticos e de guerra civil.

Desafios financeiros

Uma área de extrema pobreza, a África Subsariana enfrenta graves problemas financeiros como um dos seus maiores desafios. De acordo com a Agência Americana de Desenvolvimento Internacional (USAID), metade da população africana vive com menos de R$1 por dia e por pessoa. Em termos do estado da economia da região como um todo, a dívida é generalizada e alguns países gastam uma quantidade significativa do PIB apenas pagando os juros sobre dívidas anteriores. Com o petróleo e outras indústrias em ascensão, alguns países da África Subsaariana estão tendo ganhos econômicos moderados, mas essas indústrias apresentam seus próprios desafios em termos de impacto ambiental e de uso da terra.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível