Dieta para reduzir o risco de pedras nos rins

Escrito por contributing writer | Traduzido por mariana munhoz
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Dieta para reduzir o risco de pedras nos rins
Beba bastante água para diminuir o risco de formação de pedras nos rins (BananaStock/BananaStock/Getty Images)

Pedras nos rins são depósitos pequenos e sólidos que se formar nos rins de substâncias na sua urina. Uma pedrinha pode causar uma dor excruciante se ela passar pelo trato urinário, e pode até bloquear a passagem da urina. Sua dieta pode reduzir os riscos de formação de pedras nos rins, mas o que você poderá comer e beber vai depender do tipo de pedra nos rins que você desenvolve. Você precisará de dietas diferentes para pedras diferentes.

Outras pessoas estão lendo

Bebidas

De acordo com o site Mayo Clinic, se você não bebe líquidos o suficiente, especialmente água, sua urina provavelmente apresentará concentração maior de substâncias que podem formar pedras nos rins. Se você tem histórico de pedras nos rins, é provável que seu médico recomende beber bastante água. O site Mayo Clinic diz que isso pode significar até 14 copos de água, ou mais se você vive em clima quente e seco.

O Mayo Clinic diz que você pode incluir um copo de limonada na quantidade de líquidos, já que a limonada aumenta os níveis de citrato na urina, e o citrato ajuda a prevenir a formação das pedras. No entanto, o Centro de Informações Nacional de Doenças Urológicas e dos Rins Clearinghouse avisa que a limonada não ajuda a todos. Eles dizem que o suco previne as pedras de oxalato de cálcio e de ácido úrico, as pode ser perigoso para as pessoas que formam pedras de fosfato de cálcio.

A Clearinghouse e o Mayo Clinic dizem que o consumo moderado de vinho e cerveja não causa danos, e pode até reduzir o risco de formação. A Clearinghouse diz que café e chá também são conhecidos por reduzirem o risco de formação de pedras, mas eles contém oxalato, que algumas pessoas devem evita.

Comida

O Mayo Clinic e a Clearinghouse recomendam que você reduza o consumo de sal. Isso pode incluir alimentos como salsichas, embutidos, junk food e sopas prontas, a não ser que você encontre versões com baixo teor de sódio.

Carne vermelha, ovos e peixe contêm purinas que viram ácido úrico na urina. A Mayo Clinic afirma que pessoas que formam pedras de ácido úrico devem limitar o consumo de carne a 180 g por dia.

Se você tiver pedras nos rins, você talvez precise evitar espinafre, ruibarbo, nozes e farelo de trigo, porque eles aumentam a quantidade de oxalato na urina e podem levar a formação de pedras de oxalato de cálcio.

Avisos

Antes de fazer qualquer mudança, você precisa primeiro consultar seu médico. É importante saber que tipo de pedra você tem, porque pedras diferentes reagem a diferentes substâncias.

Em geral, os especialistas recomendam que você se mantenha em forma. Estudos têm mostrado que o excesso de peso pode aumentar o risco de formação de certos tipos de pedras. Mas não se tem confirmação de que a perda de peso reduza esse risco.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível