Educação e ciência

Os diferentes tipos de preconceito

Escrito por rebeca renata | Traduzido por ronaldo moretti

O preconceito é um julgamento ou opinião preconcebida, que geralmente se baseia em informações limitadas sobre um grupo de pessoas. Quando as pessoas são mal informadas sobre grupos a que não pertencem, elas podem criar estereótipos baseados nesse desconhecimento. Isso pode levá-las a tratar os outros de forma discriminatória, baseada em preconceitos. Os tipos mais comuns de preconceito são aqueles baseados em raça, sexo, orientação sexual e deficiência.

Outras pessoas estão lendo

Racismo

A discriminação e o preconceito racial podem ocorrer de diferentes maneiras. Quando a maioria das pessoas pensa sobre racismo, pensam sobre racismo expresso, ou uma afirmação de que pessoas de uma determinada raça são menos dignas ou inferiores a outras. Essas atitudes são muitas vezes vistas em grupos de ódio, como os supremacistas brancos. Crimes de ódio, segregação e genocídio são exemplos de racismo evidente. Esses tipos de preconceitos raciais são menos comuns hoje em dia. O racismo velado é um sistema social de vantagem com base na raça. No racismo velado, estereótipos sobre os negros estão ligados a uma grande crença cultural que as pessoas brancas são superiores. Ele opera em em grande parte inconscientemente. Trata-se de um preconceito que é refletido nas imagens culturais e mensagens na mídia, que são, em sua maioria, baseadas em estereótipos.

Sexismo

O preconceito baseado no sexo, ou sexismo, envolve a crença de que um sexo é intrinsecamente superior ao outro; geralmente, que os homens são melhores que as mulheres e, portanto, devem ter mais poder. O sexismo coloca as mulheres em situação de desvantagem em muitas áreas da sociedade. Por exemplo, o preconceito de que os homens são mais inteligentes do que as mulheres traz maiores oportunidades para os homens no mercado de trabalho. Da mesma forma, estereótipos sobre as mulheres tornam as mulheres predominantemente responsáveis pelas tarefas domésticas e cuidado com as crianças.

Homofobia

A homofobia é uma aversão ou hostilidade em relação às pessoas, consideradas gays, lésbicas ou bissexuais. Como a heterossexualidade é considerada superior à homossexualidade, persistem estereótipos sobre os homossexuais. Esses estereótipos podem levar ao preconceito e à discriminação. Por exemplo, de acordo com John J. Macionis, em seu livro "Social Problems", a cada ano, há aproximadamente 1.000 crimes de ódio cometidos nos Estados Unidos contra as pessoas gays, lésbicas e bissexuais. Crimes de ódio são quando alguém comete uma ofensa contra a pessoa, a propriedade ou a sociedade, motivada por um preconceito contra esse grupo.

Ableísmo

O ableísmo é a discriminação ou maus-tratos de pessoas com deficiência física, emocional ou mental. As deficiências incluem condições físicas ou mentais que limitam as atividades diárias de alguém. Pessoas com esses preconceitos acreditam que são superiores às pessoas com deficiência. Esses preconceitos podem levar ao ableísmo, que pode ser visto em níveis individuais, institucionais e culturais, em que as pessoas com deficiência têm negadas igualdade de acesso à educação, saúde, moradia e emprego.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media