Como disciplinar um filho preguiçoso

Escrito por dave stanley | Traduzido por ronaldo moretti
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
 Como disciplinar um filho preguiçoso
A recreação saudável é boa, mas a preguiça deve ser combatida e disciplinada (Comstock Images/Comstock/Getty Images)

Faça o diagnóstico dos motivos para uma criança ter preguiça e discipline-a cedo para que não desenvolva maus hábitos que podem acompanhá-la ao longo da vida. No entanto, como discipliná-los pode ser uma decisão complexa. Por exemplo, se você for muito duro sem examinar todos os detalhes da situação, pode fazer com que a criança fique ressentida e ainda mais preguiçosa.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Determine a causa da preguiça antes de disciplinar a criança. Em alguns casos, não é uma falha de caráter ou fraqueza a ser corrigida; pode ser um problema médico (veja Referência 1). Uma vez que você o resolveu, dê uma olhada nas áreas da vida da criança onde ela é repetidamente preguiçosa. Por exemplo, ela é enérgica com as tarefas domésticas, mas tem problemas com a lição de casa? Sua disciplina deve ser específica para o problema, pois não há um único método que funciona para todas as situações.

  2. 2

    Aborde a questão da preguiça cada vez que ela se manifesta. Não pense que é uma ocorrência única que vai embora ou que ela vai superá-la. Não seja muito duro com a criança, mas não seja passivo e sem querer incentive maus hábitos olhando de outra maneira, quando a disciplina é necessária. Além disso, se a preguiça é relacionada à escola, a comunicação com os professores é vital (Referência 1).

  3. 3

    Faça com que a criança complete o que não está sendo feito devido à preguiça. Explique o mérito de terminar a tarefa, o que está sendo feito para terminar a tarefa, seja a grama do jardim que não foi cortada ou um dever de casa incompleto, isso é o mais importante (Referência 1).

  4. 4

    Ofereça incentivos ao completar as tarefas no prazo devido ou antes do previsto. Dar alguma motivação extra é uma ótima maneira de começar, prevenir ou quebrar maus hábitos (Referência 1). Além disso, isso não parecerá como disciplina para a criança, ela vai vê-lo como um caminho para conseguir alguma coisa que ela deseja.

  5. 5

    Tirar privilégios sempre que uma tarefa não for concluída. Para alguns pais, esse é um último recurso; para outros, é o primeiro método a ser usado. Uma vez concedido, isso é um reforço negativo, mas às vezes pode ser um motivador eficaz.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível