Doenças que causam urina com odor forte

Escrito por amanda flanigan Google | Traduzido por jacques baroukh aben athar de alcantara
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Doenças que causam urina com odor forte
Se sua urina apresentar um odor forte, entre em contato com um médico (Smiling young doctor image by Monika 3 Steps Ahead from Fotolia.com)

Alimentos, remédios e vitaminas podem afetar tanto o odor como a coloração de sua urina. Alterações no odor da urina são, tipicamente, apenas temporárias, não sendo necessariamente um sinal de problemas secundários. No entanto, um odor forte, desagradável ou doce que dure por mais do que alguns dias não deve ser ignorado. Certas doenças, disfunções metabólicas e até mesmo a presença de bactérias podem causar mudanças no odor da urina. Caso ela apresente um cheiro forte, é recomendável entrar em contato com um médico, que será capaz de realizar uma análise de urina e tratá-lo corretamente, de acordo com os resultados.

Outras pessoas estão lendo

Leucinose

A leucinose é uma disfunção metabólica hereditária na qual o corpo não é capaz de quebrar certas proteínas. Essa doença acontece quando há um defeito no gene produtor da enzima que permite a quebra de certos aminoácidos que se acumulam na circulação sanguínea, como a isoleucina, a valina e a leucina.

Os sintomas incluem um odor de xarope de bordo na urina, convulsões, problemas na alimentação, vômitos e fadiga. Se não for tratada, a leucinose pode levar ao coma, a danos neurológicos e, finalmente, à morte.

O tratamento mais comum para essa doença é evitar a ingestão de alimentos que apresentem alto teor de proteína.

Fenilcetonúria

A fenilcetonúria acontece devido a uma alteração no DNA, causando uma deficiência na produção da enzima necessária pelo corpo para quebrar o aminoácido fenilalanina. Como resultado, a fenilalanina acaba se acumulando no corpo.

Os sintomas da fenilcetonúria incluem um cheiro forte de mofo na urina, além de bolhas na pele, convulsões, tremores e hiperatividade. O tratamento para essa doença consiste em uma dieta severa que limita a ingestão de leite, peixe, ovos, feijão, nozes e chocolate. Seu médico também pode prescrever o medicamento Sapropterin para ajudar no tratamento.

Cetoacidose diabética

A cetoacidose diabética ocorre quando há pouca insulina presente no corpo. Sob essas condições, a glicose não é capaz de fornecer energia para as células, de forma que o nível de açúcar no sangue aumenta e a gordura começa a ser quebrada como fonte de energia. Ao quebrar a gordura, o organismo produz um ácido tóxico conhecido como corpo cetônico.

Os sintomas da cetoacidose diabética englobam odores fortes na urina, hálito com cheiro de frutas, vômito, náusea, dor de estômago, boca seca, dores de cabeça, respiração acelerada, rosto corado e pele seca. Se não for tratada, essa doença pode levar a perda de consciência e a morte. O tratamento inclui a terapia de insulina, reposição de eletrólito e reposição de fluidos.

Infecção do trato urinário

A infecção do trato urinário, ou ITU, é uma infecção comum que começa no sistema urinário. Essa doença é mais comum em mulheres do que em homens, trazendo mais incômodo e dor do que risco de vida. No entanto, ela pode levar a problemas mais sérios caso chegue aos rins.

Sintomas comuns da ITU são um cheiro forte e queimação ao urinar, urgência constante em urinar e sangue na urina. Essas infecções são tipicamente tratadas com antibióticos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível