Doenças nas patas dos gatos

Escrito por sarah metzker erdemir | Traduzido por claudio silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Doenças nas patas dos gatos
Doença na pata (Image courtesy of Wikipedia Commons)

Em algum momento, pode ser que os donos de gatos notem algum tipo de irritação ou dor nos pés do seu animal de estimação. Normalmente, a inflamação na pata do gato é causada por algo benigno como uma infecção ou uma lesão. Mas, às vezes, patas irritadas, doloridas, ou com sangramento indicam uma doença mais grave. Se um gato tem tido desconforto em suas patas por mais de um ou dois dias, leve-o ao veterinário para que sejam feitos o diagnóstico e o tratamento.

Outras pessoas estão lendo

Sintomas

Gatos com lesões ou doenças nos pés geralmente têm sintomas evidentes. O gato vai lamber ou mastigar a pata irritada constantemente, às vezes ao ponto de causar sangramento. Muitas vezes, o animal manca ou não consegue firmar a pata afetada. Se notar que as almofadas estão inchadas, róseas, sanguinolentas ou molhadas por causa de lambedura excessiva ao examiná-las, você deve levá-lo ao veterinário para que seja examinado. Lesões, inchaços ou pústulas também são motivo de preocupação.

Infecções

Os felinos são animais ativos e curiosos, e até mesmo os gatos criados dentro de casa são suscetíveis de ferir seus pés quando brincam ou e exploram o ambiente. Eles também podem machucar suas patas em brigas com outros animais e são propensos às picadas de insetos por causa de sua tendência a perseguir abelhas e escorpiões. Qualquer ferida aberta, objeto encravado ou picada de inseto em seu pé pode levar à infecção, especialmente se ele usa a caixa de areia. Além disso, alguns gatos têm fortes reações alérgicas às picadas de abelha e mosquito. Pergunte ao veterinário como manter a pata ferida limpa e se seu gato precisa de antibióticos ou anti-histamínicos.

Pênfigo

O pênfigo é uma doença do sistema imunológico que é comum em gatos. Os felinos com essa doença têm inchaço em seus pés e rostos. Esses inchaços se transformam em pústulas e depois crostas. As almofadas das patas também podem engrossar e rachar. A única maneira de se diagnosticar o pênfigo é através de uma biópsia da pele. Ele é frequentemente confundido com o lúpus felino, por isso, é importante que a biópsia seja feita por um patologista experiente. O pênfigo é tratado com inibidores do sistema imunológico, como os corticosteroides, e o proprietário talvez tenha que lavar e limpar as patas até que as feridas sarem.

Pé de travesseiro

O nome científico para o "pé de travesseiro" é pododermatite das células plasmáticas. Esta doença é caracterizada por almofadas róseas ou púrpuras, inchaço grave e sensação de maciez ao serem pressionadas. Ela geralmente afeta mais de um pé. Muitas vezes, o gato não parece particularmente incomodado com essa condição e às vezes ela só pode ser diagnosticada com uma biópsia ou exame de sangue. Suas causa não são bem conhecidas, mas a condição pode ser tratada com sucesso utilizando-se esteroides e antibióticos.

Granuloma eosinofílico

Com sintomas semelhantes ao "pé de travesseiro", o granuloma eosinofílico normalmente afeta apenas uma pata e geralmente é causado por alergias. O alérgeno pode ser aerotransportado, ambiental ou alimentar. Se o organismo do gato tiver uma reação extrema à alergia, o sistema imunológico atacará o colágeno em sua pata, causando o inchaço. O granuloma eosinofílico pode ser tratado com esteroides, antibióticos ou anti-inflamatórios e o veterinário também fará testes para descobrir a fonte da alergia.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível