O que emagrece mais rápido: cortar gordura ou carboidratos?

Escrito por ryan casima | Traduzido por kauan benthien pereira macedo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que emagrece mais rápido: cortar gordura ou carboidratos?
Carboidratos são essenciais para o crescimento e manutenção do corpo (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

Os carboidratos são energia que, se não usada, vira gordura. Esta, por outro lado, é uma forma de energia armazenada que vai diretamente ao intestino. Ambos são nutrientes essenciais para o corpo e precisam ser consumidos na proporção correta de acordo com seus hábitos e nível de exercícios.

Outras pessoas estão lendo

Cortando carboidratos

Carboidratos são essenciais para o crescimento e a manutenção do corpo. Eles fornecem energia para que o corpo possa completar todas as funções necessárias. No entanto, consumi-los em demasia não é saudável, além de ser uma maneira rápida de ganhar peso. Quando você consome mais carboidratos do que precisa para funcionar, o corpo transforma as porções extras em gordura dentro do fígado. Em seguida, ela é enviada aos reservatórios de gordura do seu corpo. Carboidratos devem ser consumidos em uma taxa tão próxima ao que o corpo necessita quanto possível. Cortar as porções de que seu corpo não precisa fará com que o sistema digestivo seja mais eficiente, fazendo melhor uso da energia levada ao corpo do que anteriormente. Quando esta "dieta da fome" passar, e uma quantidade normal de carboidratos for consumida, a gordura se acumulará devido à eficiência do aparelho digestivo.

Cortando gorduras

A gordura mantem o corpo funcionando quando os carboidratos são consumidos, e fornecem energia ao corpo quando eles não estão disponíveis. No entanto, elas devem ser evitadas ao máximo para a perda de peso. Isto pode ser feito ao simplesmente evitar carnes, ovos, alimentos gordurosos e produtos lácteos. Michael Phelps, oito vezes medalhista de ouro olímpico, come 12 mil calorias (seis vezes mais do que a média) de carboidratos durante o treinamento fora da temporada, mas quase não come gordura. Uma dieta baixa em gordura, como a de Michael Phelps, deve ser controlada cuidadosamente. As refeições por exemplo, não podem ser ignoradas. A gordura vai diretamente para o estômago e deve ser reduzida nas dietas. No entanto, para reduzi-la, você vai precisar de uma ingestão sistemática de carboidratos. A nutricionista Kathleen Zelman explica que as dietas com ingestão média de carboidratos e baixa fonte de gorduras mostram os melhores resultados em relação à perda de peso. Assim, o corte de gorduras é muito melhor para a perda de peso a longo prazo do que o de carboidratos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível