Enfermagem para a saúde mental e tratamento da depressão

Escrito por noreen wainwright | Traduzido por aline abreu
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Enfermagem para a saúde mental e tratamento da depressão
O desânimo é uma característica da depressão (distress trouble image by Andrey Kiselev from Fotolia.com)

Os enfermeiros especialistas em saúde mental lidam regularmente com pessoas que sofrem de depressão. O relacionamento com o paciente pode ser a chave para um tratamento e uma recuperação bem sucedidos. Esses enfermeiros são treinados para avaliar o estado mental do paciente e desenvolver um plano de cuidados estabelecendo objetivos e intervenções. O enfermeiro o revisa regularmente com o paciente e com outros profissionais. Ele é membro de um time multidisciplinar, e normalmente é a pessoa de maior contato com o paciente.

Outras pessoas estão lendo

Depressão

A depressão é uma condição potencialmente séria, que tem várias formas. A doença foi reconhecida até mesmo em épocas passadas e os tratamentos eram variados e por vezes extremos. Agora podemos classificar diferentes tipos de depressão e, assim, tratá-los com mais efetividade. As celebridades atualmente se abrem para descrever suas doenças depressivas, tornando um pouco mais fácil para um paciente se apresentar em um consultório clínico geral.

Tipos de depressão

A depressão pode estar associada com diversas outras desordens, mais comumente a ansiedade. Algumas pessoas sofrem de depressão como parte de um transtorno bipolar, uma condição que costumava ser chamada de psicose maníaco-depressiva. Alguns pacientes com depressão tem problemas de vícios. Algumas pessoas passam por um episódio depressivo como uma reação para certos fatores estressantes de suas vidas. Em outros casos, as causas são desconhecidas. Mães às vezes sofrem de depressão pós-parto. Um episódio depressivo pode ser total e rapidamente tratado, ou o paciente pode sofrer de depressão crônica e recorrente.

Importância do tratamento

É importante tratar a depressão rapidamente, já que um pequeno, porém significativo, número de pessoas com depressão tem pensamentos suicidas. O enfermeiro com especialidade em saúde mental entrevistará o paciente, e isso formará parte da avaliação. Muitos pacientes com depressão são tratados inicialmente com medicação, pois é prioridade a melhora do humor. Às vezes, a pessoa será tratada em casa, embora em alguns casos, ela dará entrada em um hospital.

O papel do enfermeiro especialista em saúde mental

Alguns enfermeiros especialistas em saúde mental trabalham na comunidade e alguns nas equipes mais preparadas de um hospital. O enfermeiro psiquiátrico de um hospital acolhe o paciente e idealmente permanece sendo seu principal colaborador. Os pacientes deprimidos normalmente se beneficiam da continuidade e as boas habilidades do enfermeiro possibilitarão a construção de uma relação terapêutica, baseada na confiança com o paciente. Este deve se sentir seguro na presença do enfermeiro.

Ajudando na recuperação

As necessidades da pessoa deprimida mudarão conforme o progresso do tratamento. O papel do enfermeiro especialista em saúde mental deve se adaptar a tais mudanças. No estágio inicial, o papel principal do enfermeiro é garantir que o paciente esteja comendo, dormindo e tomando seus remédios. O enfermeiro observará o progresso do paciente e se certificará quando seu humor começar a melhorar. A realidade da situação pode deixar o paciente vulnerável por um tempo. O treinamento do enfermeiro o ajudará a desenvolver habilidades de observação intensas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível