Como entender um câncer luminal de mama?

Escrito por richard daub | Traduzido por angela spada
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como entender um câncer luminal de mama?
Os cientistas agora têm maior conhecimento do câncer de mama com base molecular, o que levou ao uso de um novo sistema que classifica o câncer de mama (Comstock/Comstock/Getty Images)

Existem numerosas classificações de câncer de mama, e tentar entender essas diferentes classificações, incluindo os cânceres de mama Luminal A e Luminal B, pode ser confuso, pois a maneira de classificá-lo se alterou ao longo dos anos. A publicação americana Harvard Health Publications (HHP) (Publicações de Saúde da Universidade de Harvard) indica que os meios tradicionais de classificar os tumores do câncer de mama baseiam-se em três critérios principais: o tamanho do tumor, a velocidade de divisão celular e a incidência de células cancerígenas nos linfonodos do paciente.

De acordo com a HHP, os cientistas agora têm maior conhecimento do câncer de mama com base molecular, o que levou ao uso de um novo sistema que classifica o câncer de mama usando os seguintes termos: Luminal A, Luminal B, HER-2-positivo e de tipo basal. Entender os diferentes tipos de câncer de mama pode levar a uma maior compreensão de uma classificação específica, como a de Luminal A.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Oncologista
  • Conexão com a internet
  • Rede de apoio ao câncer de mama

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Pesquise os diferentes tipos de classificação moderna de câncer. A publicação Harvard Health Publications identifica quatro diferentes tipos.

    O Luminal A é um estágio inicial comum do câncer de mama, em que os tumores parecem mais com um tecido normal, comparados aos outros tipos de tumores e possuem receptores que são: progesterona e estrógeno positivos e HER2-negativos. A HHP indica que o Luminal A tem baixo risco de recidiva, enquanto os tumores HER-positivos são considerados de alto risco.

    O Luminal B é semelhante ao Luminal A, já que os tumores também têm receptores de progesterona e/ou de estrógeno, exceto que em pequenas quantidades. Este tipo também é considerado de baixo risco. Os tumores HER2-positivos são de risco mais alto que o Luminal A e o Luminal B, e passam por uma série de mutações genéticas relacionadas ao fator de crescimento epidérmico.

    Finalmente, os cânceres de mama do tipo basal algumas vezes são referidos como "triplo negativos", já que apresentam leituras negativas de progesterona, estrógeno e HER-2, mas são considerados de alto risco pela tendência ao crescimento rápido.

  2. 2

    Contate um oncologista para discutir a pesquisa que você fez sobre o câncer de mama Luminal A e pergunte-se sobre o que não entendeu ou não tenha sido explicado completamente. Se estiver preocupada sobre a possibilidade de ter câncer, marque imediatamente uma consulta.

  3. 3

    Converse com alguém que foi afetado por câncer de mama Luminal A. Caso não conheça ninguém, procure um grupo de apoio online ou em sua comunidade. A fundação americana Susan G. Komen for the Cure Breast Cancer Foundation (Fundação Susan G. Komen para a Cura do Câncer de Mama) possui uma seção de seu site dedicada a mulheres que compartilharam suas experiências com o câncer de mama, assim como a Breast Cancer.org (www.breastcancer.org) tem uma seção de seu site chamada "Community Knowledge" (Conhecimento da Comunidade) que inclui um fórum e uma sala de bate-papo onde você pode fazer perguntas e expressar suas preocupações. No Brasil há vários sites de apoio, como www.mulherconsciente.com.br/ e www.accamargo.org.br/>

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível