Ervas que restauram as glândulas supra-renais

Escrito por devra gartenstein | Traduzido por ricardo castiglioni
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

Nossas glândulas adrenais produzem o hormônio adrenalina, ou epinefrina, que aumenta a taxa do metabolismo quando estamos sob stress. Essa reação química é uma adaptação biológica importante em situações onde a consciência aumentada pode nos salvar de situações, tais como ser perseguidos por predadores sob ameaças de morte. Mas hoje, muito do nosso stress vem de situações de trabalho que são dificilmente ameaças à vida. A natureza diária do stress na vida moderna cobra o seu preço em nossas glândulas supra-renais, causando uma condição chamada "fadiga adrenal." Felizmente, há uma variedade de ervas medicinais que podem ajudar a reviver as supra-renais fatigadas e restaurar a função adrenal.

Outras pessoas estão lendo

Ginseng siberiano

O ginseng siberiano, também conhecido como eleuthero, é uma erva tradicionalmente usada na medicina chinesa para ajudar a restaurar os níveis de energia e aumentar a função imunológica. Como os rins sobrecarregados criam fadiga, essa erva pode ser útil para efeitos de combate contra os sentimentos de esgotamento e exaustão que frequentemente acompanham um comprometimento da atividade adrenal. Além disso, a capacidade do ginseng siberiano para estimular o sistema imunológico da mesma forma ajuda a corrigir os efeitos da fadiga adrenal.

Alcaçuz

A raiz de alcaçuz pode ajudar a inibir a quebra de hidrocortisona, um esteroide produzido pelo fígado que estimula a conversão de proteínas em glicose. Esse processo estimula a produção de energia do corpo e ajuda-o a manter o equilíbrio físico e emocional em situações estressantes. Ao interferir no processo natural do corpo de quebrar a hidrocortisona, o alcaçuz ajuda a dar às supra-renais um descanso e uma oportunidade para se recuperar da atividade excessiva. Se você tem pressão alta, no entanto, deve evitar usar o alcaçuz para combater a fadiga adrenal, pois pode aumentar os níveis de pressão arterial.

Urtigas

As urtigas, muitas vezes consideradas ervas daninhas também podem ajudar a restaurar a função adrenal. Como o ginseng siberiano, as urtigas restauram os níveis de energia globais e o funcionamento do sistema imunológico, trabalhando para neutralizar algumas das consequências debilitantes da fadiga adrenal. Ao apoiar o funcionamento diário do nosso metabolismo, as urtigas removem um pouco da pressão do sistema adrenal, que toma controle em situações estressantes e muitas vezes encontra-se em um círculo que não consegue sair. A adrenalina é um sistema de restauração de energia, que toma o lugar do sistema primário em situações estressantes. Ao restaurar o sistema primário usando folhas de urtiga, você pode permitir que o sistema secundário (adrenal) se regenere.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível