Educação e ciência

Espécies que entraram recentemente em extinção

Escrito por steve johnson | Traduzido por andre trapani possignolo
Espécies que entraram recentemente em extinção

Existem muitos animais à beira da extinção, das regiões mais quentes às mais frias

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Há milhares de anos os animais vêm evoluindo em novas espécies, que ou evoluem novamente ou desaparecem. Apesar de a extinção ocorrer naturalmente, algumas vezes ela é causada pela intervenção humana, na maioria dos casos devido à destruição do habitat, o que gera a escassez de alimentos e a devastação dos lares. Desde 2008, existem mais de 600 espécies de animais em perigo de desaparecer -- como aconteceu com os dodôs, mamutes e dinossauros.

Outras pessoas estão lendo

Kipunji

O kipunji -- ou Rungwecebus kipunji -- é uma espécie de macaco descoberta em 2003 endêmica da Tanzânia. Em 2006, descobriu-se ser um novo gênero de macaco após mais de 80 anos do último descoberto. Hoje em dia, este animal, junto com outras 25 espécies de macacos, estão à beira da extinção. Assim como a de outros animais, como o tigre (Panthera tigris), o desmatamento ilegal e caça furtiva ameaçam sua sobrevivência.

Íbis-eremita

O íbis-eremita, ou Geronticus eremita, é um pássaro encontrado no Marrocos e na Síria. A quantidade de animais diminuiu rapidamente de ano em ano desde meados da década de 90. Estes pássaros migam duas vezes ao ano atravessando oito países -- um fator que torna difícil a a prevenção da extinção.

Elefante-da-savana

Desde 2011, o elefante-da-savana -- ou Loxodonta africana -- é o maior mamífero terrestre do planeta, podendo ser encontrado em 37 países ao sul do deserto do Saara. Ele se tornou extinto em algumas regiões, mas apareceu em outras, isto devido às suas habilidades de sobrevivência em habitats diferentes. Assim como outros tipos de elefante, o elefante-da-savana é alvo da caça -- geralmente ilegal e com destino à venda. Entretanto, para dar às comunidade um meio de sustentação, a caça foi permitida em alguns países como a Namíbia, o Zimbábue e a Botsuana. Apesar de a espécie estar estável, uma leve diminuição em sua população poderia levá-lo de volta à zona de perigo.

Priolo

O priolo, ou Pyrrhula murina, é um tipo de ave nativo dos Açores, em Portugal. O declínio de sua população ocorre, principalmente, devido ao desmatamento das florestas e à invasão de plantas que ameaçam as fontes de alimento do animal. Existem esforços para limpar seu habitat da flora invasora, contudo, pode levar algum tempo até que se consiga estabelecer uma população saudável destas. O pássaro encontra-se criticamente ameaçado desde 2005.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media