Estágios da dieta da cirurgia bariátrica

Escrito por emily brown king | Traduzido por marina villar
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Estágios da dieta da cirurgia bariátrica
Consiga todos os nutrientes necessários em suas refeições (public domain)

Após passar por uma cirurgia bariátrica para perder peso, a maneira como você come mudará drasticamente. Como o tamanho do estômago será reduzido, apenas um pouco de comida já deve deixá-lo saciado. É importante obter o melhor de cada refeição, tendo certeza que tudo que você coloca em seu corpo é útil para sua nutrição. Para assegurar uma recuperação sem complicações, é essencial permanecer na dieta feita para você pelo seu médico. A recomendação pode ser um pouco diferente, mas o que segue abaixo é uma rotina bem comum.

Outras pessoas estão lendo

Estágio 1 - Dia 1

Durante o primeiro dia após a cirurgia bariátrica, o estômago deve ser verificado para encontrar eventuais vazamentos. Isso é feito por ultrassom. Se não houver vazamentos no estômago, o paciente deve beber 28 ml de água em temperatura ambiente por hora. O paciente deve beber lentamente e sem canudo para evitar irritação.

Estágio 2 - Dia 2

No segundo dia após a cirurgia, diferentes tipos de líquidos podem ser consumidos. Para assegurar que os pacientes ingiram fluidos e proteínas suficientes, devem beber 1/4 de xícara de fluido rico em proteína uma vez por hora e 28 ml de líquido sem açúcar, sem cafeína e sem gás a cada 15 minutos. (Isso não se aplica quando estiver dormindo).

Estágio 2 - Do hospital para casa

Até a avaliação pós-cirúrgica da terceira semana, a dieta líquida deve ser seguida estritamente. Para consumir de 40 a 60 g de proteína por dia, uma bebida sem açúcar e rica em proteína ou um shake substituto da alimentação são recomendados. Eles podem ser encontrados em mercados e lojas de nutrição. Selecione um que tenha menos de 20 g de açúcar e ao menos 13 g de proteínas em 200 ml. Como no segundo dia após a cirurgia, é necessário que beba 50 ml de líquido sem calorias, sem açúcar, sem cafeína e sem gás a cada 15 minutos. Seu total de ingestão de fluidos por dia deve ser de pelo menos 1,8 litros. Continue a tomar a quantidade recomendada de vitaminas e cálcio mastigáveis.

Estágio 3 - Comidas macias

Depois da avaliação da terceira semana, o médico falará sobre adicionar alimentos em sua dieta. Esses novos alimentos devem ser adicionados lentamente em pequenas proporções, pois o estômago ainda está se curando. Quando comer, sempre coma a proteína primeiro para o caso de ficar cheio e não terminar o prato. Alguns exemplos de alimentos recomendados durante esse estágio são ovos, iogurte, queijo cottage, atum, carne moída macia e frango, lanches de carne, aveia, vegetais cozidos, batatas e sopas. Esses alimentos devem ter pouca gordura e serem versões light e sem açúcar. Evite alimentos pegajosos, crocantes, gordurosos ou duros.

Estágio 4 - Sólidos

Eventualmente, você estará apto a tolerar muitos alimentos que comia antes da cirurgia. Os alimentos sólidos, como os alimentos macios, devem ser adicionados gradualmente, um por vez. Evite alimentos que tenham gordura e açúcar, pois eles podem deixá-lo enjoado. Devido você poder apenas ter uma pequena quantidade de alimentos em seu estômago, precisando conseguir o maior valor nutricional em cada refeição. Isso significa tomar decisões saudáveis sobre proteína e nutrientes.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível