×
Loading ...

Estilos de penteados dos Vikings

Os vikings, ou nórdicos, como são frequentemente chamados, tinham uma cultura vibrante e avançada no período medieval da história. Como saqueavam outros povos ("Viking" significa invasão na língua nórdica), receberam este nome equivocado. Uma parte da cultura viking incluía o avanço no preparo de penteados, o que contraria as noções populares sobre a vida medieval. Inúmeros estilos de cabelo que existem hoje possuem uma origem distintamente nórdica. Também havia uma série de ferramentas para penteados disponíveis aos homens e mulheres ricos dos clãs viking.

Os vikings tinham cabelos bem arrumados e possuíam diversas ferramentas para penteados ainda usadas hoje em dia (Drakkar - viking ship image by __PeTe__ from Fotolia.com)

Estilos de cabelos masculinos dos vikings

Os penteados dos homens vikings variavam muito conforme a posição social e da profissão do indivíduo em questão. Os escravos usavam o cabelo curto como um sinal de sua classe. Os homens livres de classe média geralmente usavam os cabelos limpos na altura dos ombros. O clérigo João de Wallingford observou, em seu estudo sobre homens dinamarqueses de um grupo viking em especial, que "os dinamarqueses, graças ao seu hábito de pentear o cabelo todos os dias, de tomar banho todos os sábados e regularmente trocar suas roupas, foram capazes de minar a virtude da mulheres casadas e até mesmo seduzir as filhas dos nobres para serem seus amantes".

Soldados profissionais muitas vezes escolhiam seus penteados em relação aos combates, mantendo os cabelos mais curtos e amarrados para trás para diminuir a probabilidade de terem os fios agarrados durante uma batalha. Ibn Fadlan, um observador árabe dessa época, relatou que os homens vikings muitas vezes branqueavam suas barbas até chegar a um amarelo dourado. Esta prática era mais comum em homens do que em mulheres.

Loading...

Estilos de cabelos femininos dos vikings

Assim como acontecia com a classe escrava masculina, as escravas também eram obrigadas a usar seus cabelos curtos. As mulheres livres usavam o cabelo solto ou trançado durante as atividades do dia-a-dia. Em ocasiões especiais, elas muitas vezes usavam tiaras e outras joias para prender o seu cabelo. Como uma cultura orientada para o comércio, bens de muitas outras terras encontraram o caminho para as casas vikings. Mais tarde na vida, as mulheres casadas favoreciam o uso de coques modestos e práticos ou tranças enroladas. Os vikings, por uma questão de praticidade e bom senso empresarial, adotaram o cristianismo, e alguns dos estilos femininos de penteados incluíam coberturas para a cabeça, mas este tipo de acessório não era predominante em comunidades não cristãs.

Dispositivos vikings para higiene

Os vikings possuíam muitos dos mesmos dispositivos de higiene que existem hoje, embora em formas menos refinadas, mais rudimentares. As ferramentas incluíam pinças, navalhas e objetos para a higiene das unhas e pele. Limpadores de ouvido eram considerados itens de status, e eram altamente ornamentados, até mesmo usados como joias quando pendurados em broche. Como muitas mulheres modernas, as mulheres vikings da época usavam pinças para depilar as sobrancelhas. Estas ferramentas podiam ser feitas a partir de diversos materiais, dependendo do custo. Itens de osso e metal são os mais comumente encontrados por arqueólogos, no entanto, é provável que as versões mais baratas de madeira fossem vendidas para os consumidores das classes mais baixas, sendo simplesmente perdidos com o tempo. Uma ferramenta bastante notável no kit viking é o sabão com base química usado ​​para branquear o cabelo, um item muito usado popularmente.

Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...