Experimentos com carne e Coca-Cola

Escrito por jane tolman | Traduzido por ricardo soares
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Experimentos com carne e Coca-Cola
Experimentos com carne e Coca-Cola produzem resultados diferentes (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

Poucos dos experimentos com carne e a bebida gaseificada Coca-Cola resultam como o desejado, mas alguns produzem resultados notáveis. O ácido fosfórico, um ingrediente desse refrigerante, possui uma concentração suficientemente alta para deteriorar um pedaço de carne.

Outras pessoas estão lendo

Carne bovina

Quando a carne é coberta por Coca-Cola e deixada assim por horas, ela ainda ficará intacta. No entanto, use um pedaço muito fino de carne e deixe descansar por cerca de cinco dias. A carne ainda não irá se deteriorar completamente, mas encolherá e mudará de forma, tamanho e textura de modo que não fique reconhecível como um pedaço de carne. Um experimento pode ser realizado utilizando diferentes variedades da bebida para verificar se existem diferenças.

Amaciamento

A Coca-Cola faz um bom amaciador e marinada. Se a carne não for deixada imersa no refrigerante por muito tempo, ele quebrará algumas das propriedades que podem tornar dura a carne, e deixará um sabor no produto cozido que é desejável para muitos. Diferentes tipos de Coca-Cola podem produzir níveis diferentes e mais eficazes de maciez

Frango

Quando o frango é marinado na Coca-Cola por horas, ou até mesmo por dias, não há diferenças perceptíveis. Compare carne, frango, peixe e carne de porco marinados em Coca-Cola para um experimento.

Carne de porco

A carne de porco mal cozida pode conter larvas de um parasita, o que causa a contração da doença triquinose provocada pelo verme Trichinella. Se a carne suína infectada com o vírus for marinada na Coca-Cola por várias horas, é possível que pequenas partículas do verme venham à tona. No entanto, com a qualidade da carne de porco de hoje, é raro existir quaisquer infecções por vermes Trichinella. As carnes de caça — incluindo urso, javali e veado — são muito mais propensas a conter a infecção. Uma experiência pode ser realizada para ver quais carnes são mais susceptíveis à infecção.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível