Farinha de espelta e farinha branca

Escrito por lexa w. lee Google | Traduzido por marla maisonnett
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Farinha de espelta e farinha branca
A farinha de espelta vem de um tipo antigo de trigo que contêm glúten (Hemera Technologies/PhotoObjects.net/Getty Images)

A farinha de espelta vem de um tipo antigo de trigo que contêm glúten. A farinha branca geralmente usada é farinha de trigo da qual foram removidos os germes e o farelo.

Outras pessoas estão lendo

Farinha de espelta

De acordo com o site Food.com, pessoas alérgicas ao trigo podem geralmente comer espelta sem sofrer reações. Como a espelta possui glúten, é apropriada para a produção de pães. Porém, de acordo com o site BakingBites.com, esse glúten é mais frágil que em outras farinhas de trigo.

Farinha branca

A farinha branca é ideal para vários usos na panificação, incluindo para pães. Ela consiste de vários tipos de trigo moídos e misturados. A farinha deve ser enriquecida para substituir nutrientes perdidos durante seu processamento.

Amassamento

A farinha de espelta é mais pesada que a branca, e possui um gosto de nozes. Porém, diferentemente do glúten do trigo comum, que é bastante resiliente, o glúten da espelta é mais fraco, portanto, é necessário amassar por menos tempo para não reduzir o glúten, o que pode resultar em um produto frágil.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível