Porque os flamingos ficam em pé com uma pata?

Escrito por adam niese | Traduzido por diego silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Porque os flamingos ficam em pé com uma pata?
Flamingos possuem um comportamento peculiar. (Pavel Vlček: commons.wikimedia.org (Public Domain))

Muitos visitantes de zoológico perguntam porque os flamingos ficam em pé em apenas uma pata, este comportamento curioso pode ser frequentemente observado pelo público. Até recentemente os cientistas tinham apenas suposições sobre este assunto. Em 2009 um estudo comportamental feito por Matthew Anderson e Sarah Williams, e publicado na revista Zoo Biology (Biologia Zoológica), foi o primeiro a observar os flamingos para descobrir o motivo deste comportamento. As provas sugeriram que o flamingo está na verdade tentando impedir a perda de calor para a água onde o mesmo está localizado.

Outras pessoas estão lendo

Hipóteses

Biólogos aviários criaram várias explicações para os flamingos ficarem um uma pata só. Uma dessas era que faziam isso para evitar uma pata ficasse cansada, dando a ela uma chance de descasar. Uma outra que permitia uma fuga mais rápida aos predadores. Alguns biólogos ainda propuseram que, assim como os golfinhos, os flamingos podiam deixar metade de seus cérebros dormirem de cada vez, e que a pata que está descansando fosse controlada pela outra metade do cérebro. Finalmente as pessoas propuseram que isso ajudava a preservar a temperatura corporal.

Eliminação de hipóteses

Ao observar os flamingos por longos períodos de tempo, Anderson e Williams descobriram que levava mais tempo para esses animais se moveram com apenas uma pata ao invés de duas, e descansar em uma pata consumia mais energia. Isso significava que ficar em uma pata deixava os flamingos mais vulneráveis aos predadores e ao invés de menos vulneráveis.

Conclusões

Williams e Anderson observaram flamingos no Zoológico da Philadelphia e descobriram que era mais provável que esses animais ficariam em uma pata só quando estivessem na água do que no solo. Eles ainda descobriram que quando a água estava mais quente mais pássaros ficavam em duas patas. Eles concluíram que os flamingos estavam evitando a perda de calor para a água. Submergindo apenas uma pata esses animais diminuíam esta perda pela metade.

Traços

Enquanto observavam os flamingos, os pesquisadores também notaram em que patas os animais estavam se equilibrando. Eles viram que enquanto esses pássaros tendem a ficar longos períodos em apenas uma pata, eles não dão preferência sobre uma ou outra. Dar preferência a uma para poderia causar problemas de circulação e danos a mesma, então faz sentido que os flamingos dividem o peso igualmente entre as patas.

Outros achados

Apesar de Anderson e Williams não descobrirem que os flamingos preferiam descansar uma perna da outra, ele conseguiram ver que quando descansavam suas cabeças existia uma forte tendência de inclinarem a mesma para a direita. Os pássaros que descansavam a cabeça para a esquerda tendiam a engajar num comportamento agressivo com o resto do grupo. As dinâmicas sociais são importantes nesse tipo de pássaro muito sociável.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível