Os frutos do mar que tem colesterol

Escrito por joan firstenberg | Traduzido por lucas gomes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Os frutos do mar que tem colesterol
Os crustáceos contêm colesterol (Paris, Seafood Platter, 9/07, Brady Frequent Traveler & Eater, Flickrcommons)

Nossos corpos produzem o colesterol de que precisamos no fígado. Mas é o colesterol que consumimos que produz problemas. Esses são chamados de gorduras saturadas e trans que acabam aumentando nosso colesterol no sangue. Muitas pessoas herdaram níveis elevados de colesterol e devem ou tomar estatinas para mantê-los baixos ou seguir uma dieta muito rígida. A American Heart Association aconselha pessoas saudáveis a consumirem não mais do que 300 mg de colesterol por dia, e as com alguma doença cardíaca devem ingerir menos de 200 mg por dia.

Os crustáceos contêm colesterol. Mas os estudos mostram que as populações que consomem uma grande quantidade de frutos do mar, crustáceos e moluscos, como os japoneses, não têm uma alta incidência de doença cardíaca coronariana. Pode ser porque mariscos e crustáceos também são ricos em boas gorduras Ômega-3 e pobres em gorduras saturadas.

Outras pessoas estão lendo

A maravilhosa ostra

O interessante das ostras é que estão na parte inferior da lista de mariscos em calorias, gordura, gordura saturada e colesterol. Pesquisadores da Yale afirmam que até seis ostras médias têm apenas 50 calorias, 2 g de gordura, 1/2 g de gordura saturada e 58 mg de colesterol. Isso pode parecer uma dose enorme de colesterol, mas quando você a compara com a de outros moluscos e alimentos, como um bife, não é realmente muito.

Amantes de lagostas: relaxem

Vá em frente. Divirta-se. Coma uma lagosta no seu aniversário, ou um piquenique na praia. Sim, estará ingerindo algum colesterol, mas você pode limitar significativamente a quantidade se não mergulhar cada pedaço em manteiga. Uma porção de 85 g de carne de lagosta tem 83 calorias, 1/2 g de gordura, um décimo de um grama de gordura saturada e 61 mg de colesterol. Você pode comer essa quantidade em um sanduíche ou em um prato frio.

Camarões & vieiras

O camarão contém o mais alto índice de colesterol de quaisquer frutos do mar. As vieiras são um pouco melhores. De acordo com o Yale New Haven Nutrition Advisor, 15 camarões grandes têm 84 calorias, cerca de 1 g de gordura, 0,2% de gordura saturada, mas gritantes 166 mg de colesterol. Se olharmos para uma porção de três ou quatro vieiras grandes grelhadas, elas são muito mais calóricas do que o camarão, 113 calorias, e têm mais gordura, 3 g. Mas elas só têm seis décimos de 1 g de gordura saturada e apenas 34 mg de colesterol.

Amêijoas e mexilhões

Amêijoas e mexilhões são os favoritos do verão. Mas frequentemente eles são consumidos após terem sido mergulhados em um caldo e, em seguida, na manteiga, o que pode multiplicar a ingestão de colesterol. Quatro a cinco mexilhões são os mariscos mais calóricos, 146 calorias, com a gordura mais alta, 4 g, mas um moderado sete décimos de 1% de gordura saturada e 48 mg de colesterol. Dezenove moluscos pequenos parecem ser relativamente saudáveis. Eles têm 126 calorias, 2 g de gordura, dois décimos de 1% de gordura saturada e 54 mg de colesterol.

Carne de caranguejo

Quem pode comer apenas uma perna de caranguejo? Elas podem ser irresistíveis. Mas também são carregadas de calorias e colesterol. Apenas uma perna contém 130 calorias, 2 g de gordura, mas uma gordura saturada muito baixa de 1/10 de 1% e 71 mg de colesterol. Uma porção de 85 g de caranguejo cozido, sem manteiga, mas com muito limão, tem 118 calorias, 5 g de gordura, 1 g de gordura saturada e 80 calorias.

A ligação entre frutos do mar e colesterol

Todos os frutos do mar contêm colesterol. Mas os pesquisadores descobriram que, além de serem pobres em gordura saturada, que é a verdadeira vilã, eles também oferecem saudáveis ácidos gordos Ômega 3 e alguns ácidos graxos Ômega 6, que são cruciais na redução dos níveis de colesterol do organismo. Um relatório do governo australiano relata que os frutos do mar também contém selênio, co-enzima Q-10 e o aminoácido taurina, todos benéficos para o corpo. O relatório conclui que ele vê o papel de frutos do mar na dieta se deslocando de um papel fundamental em uma dieta saudável para o papel de prevenção da doença de fato.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível