O que fazer para um gato com creatinina e ureia elevadas?

Escrito por susan paretts Google | Traduzido por ricardo schweitzer
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que fazer para um gato com creatinina e ureia elevadas?
Um gato com níveis elevados de creatinina e ureia pode sofrer de doenças dos rins (Tabby cat taking a cat nap on a pair of shoes image by mario beauregard from Fotolia.com)

Quando os rins de um gato param de funcionar corretamente, suas excreções metabólicas, como creatinina e ureia, param de ser filtrados de forma adequada. Isso leva a uma elevação dos níveis desses químicos no sangue do animal. Nesse caso, peça para seu veterinário examinar o gato para sinais de doenças nos rins e montar um plano de tratamento.

Outras pessoas estão lendo

Identificação

Creatinina é uma excreção corporal formada pelos músculos, enquanto a ureia é resultado do processo de digestão de proteínas, e ambas são filtradas pelos rins. Os níveis são medidos pela quantidade de nitrogênio que produzem no sangue do gato, referido como nitrogênio de ureia no sangue. Tanto a creatinina quanto esses níveis podem ficar mais altos quando os rins não conseguem filtrá-los para fora do sistema, devido a uma lesão ou uma doença nos rins. Um nível elevado de creatinina é um sinal mais claro de doença de rim do que o nível de ureia, que pode ser causado por desidratação ou uma dieta com muita proteína.

Causas

Se você perceber que seu gato está bebendo água com mais frequência e urinando excessivamente, ele pode estar sofrendo de doença no rim. Esses sintomas, junto com uma perda de apetite, vômito, perda de peso, constipação e mau hálito, podem exigir o cuidado de um veterinário para testes sanguíneos e análises de urina no seu animal. Se os níveis de ureia e creatinina aparecerem elevados nesses testes, além da urina se mostrando diluída, pode indicar uma falha de aproximadamente 70 % dos rins do seu animal. Outra causa possível para esses sintomas são diabetes, infecções nos rins, pedras nos rins ou pressão sanguínea elevada.

Tratamento

Tratamento para creatinina e ureia elevadas depende da sua causa. Se existe o diagnóstico de doença nos rins, seu veterinário pode recomendar uma dieta para reduzir as limitações nesses órgãos. Isso envolve um consumo baixo de fósforo, sódio e proteína, além de uma quantidade elevada de calorias, potássio, fibras, água, vitaminas B e ácidos graxos omega. Além disso, medicações para controlar o fluxo sanguíneo através dos rins, como um inibidor da conversão de enzima angiotensina, pode ser recomendada além de um suplemento de fósforo, vitamina D e fibras. O mais importante é administrar fluidos oralmente e sob a pele, se necessário, para ajudar o rim no processo de remoção das toxinas.

Considerações e avisos

Enquanto níveis elevados de creatinina e ureia normalmente revelam doenças dos rins, mais testes podem ser necessários para determinar a causa exata do problema. Consulte um veterinário para avaliar a condição do seu gato e sintomas particulares. Se for diagnosticado com doença nos rins, os níveis de creatinina e ureia irão indicar o estágio da doença, usando uma escala de 1 a 4. O nível mais sério, o 4, indica o estágio final de uma doença renal e é diagnosticado com uma creatinina acima de 5, podendo ser até fatal. Os pacientes desse estágio podem precisar de hospitalização para a administração de fluidos por via intravenosa e medicações para tratar náusea e garantir que o animal consiga calorias suficientes.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível