A Idade de ouro islâmica

Escrito por stuart robertson | Traduzido por rayssa amorim
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
A Idade de ouro islâmica
O alcorão é o livro sagrado dos muçulmanos (Thinkstock Images/Comstock/Getty Images)

O termo "idade de ouro" é uma referência comum sobre o ponto alto de uma civilização. Na Idade de ouro islâmica, vastas áreas de terra estavam sob o domínio do califa, antes do poder do império cair e eventualmente ser destruído em 1258 EC.

Outras pessoas estão lendo

O início

A Idade de ouro islâmica teve início em 610 EC, quando Maomé ibn Abdallah, profeta do islamismo e mensageiro de Deus, começou a espalhar a fé islâmica para além da península arábica. Após sua morte em 632, os muçulmanos iniciaram uma onda de conquistas que se concluiria apenas um século depois, com seu controle de, praticamente, todas as terras entre a Espanha e a Índia.

Califas e dinastias

Durante as primeiras décadas, o império islâmico era governado por um califa, visto como um sucessor do profeta Maomé e soberano entre o povo islâmico. O califa vivia onde atualmente se encontra a Arábia Saudita. No entanto, à medida que o império islâmico passava por uma dramática expansão, as dinastias assumiram o governo do império, embora o califa tenha permanecido como a autoridade aparente. A primeira grande dinastia foram os omíadas, de 661 até 750, na atual Síria, e depois vieram os abássidas, de 750 até 1258 EC, no atual Iraque.

Liberdade religiosa

A Idade de ouro islâmica foi conhecida por sua notável liberdade religiosa oferecida às pessoas de diferentes crenças que viviam no Império Islâmico. Cristãos, judeus e pessoas de outras religiões eram autorizadas a continuar praticando suas religiões. Essa diversidade cultural, diferente de muitas civilizações conquistadoras, que forçavam a conversão religiosa sobre o povo conquistado, era uma das razões pela qual os islâmicos foram tão bem sucedidos.

O fim

A Idade de ouro islâmica chegou ao fim por volta de 1258. A essa altura, o poder do império islâmico havida sido dividido em várias dinastias, a mais notável delas sendo a abássidas, onde atualmente é o Iraque. Os mongóis invadiram o Oriente Médio em 1258, e essas várias dinastias que formavam o Império Islâmico foram derrotadas e destruídas pelos invasores.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível