Como identificar possíveis tempestades produtoras de tornados no radar Doppler

Escrito por april fidler | Traduzido por lucas albuquerque
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como identificar possíveis tempestades produtoras de tornados no radar Doppler
Saiba como identificar os tornados no radar Doppler (Twister image by Isa from Fotolia.com)

Tornados podem ser aterrorizantes, e olhar para a tela do radar Doppler na televisão pode ser confuso. Saber o que o meteorologista está se referindo quando ele mostra a tela de radar Doppler pode ajudar você a entender quando houver possibilidade de tornado. Ao aprender sobre os padrões de pixeis na tela do radar Doppler, você pode decifrar os verdes, vermelhos e amarelos e como eles se relacionam com tempestades que causam tornado.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Procure no radar Doppler um "eco em forma de gancho". O termo se refere a uma forma de gancho na tela, que ocorre quando chuva, granizo e detritos estão girando em torno de uma supercélula ou tempestade. O National Weather Service considera a presença de um eco em forma de gancho no radar Doppler motivos suficientes para a emissão de um alerta de tornado.

  2. 2

    Verifique o padrão de velocidade na tela Doppler quanto a um sinal de vórtice do furacão, ou TVS. O TVS indica que existe uma rotação intensa ocorrendo dentro de uma supercélula, suficiente para indicar que um possível mesociclone, ou movimento de rotação contínuo e ascendente de ar, está ocorrendo. Este mesociclone pode tornar-se um furacão.

    O TVS será representado por uma área verde próximo a uma área vermelha no radar Doppler. Esta imagem indica forças de vento competindo e é um sinal de que uma nuvem em forma de funil está na área.

  3. 3

    Cheque o radar Doppler quanto a uma área de tempestade, onde a chuva deve estar ocorrendo, mas não é por causa de uma forte corrente de ar puxando a precipitação em outra direção. Isso é conhecido como uma região de ressonância fraca, ou WER. Na tela do radar, que é uma área de verde ou amarela envolta por pixeis vermelhos ou laranja escuros.

  4. 4

    Procure por uma corrente descendente no flanco traseiro, ou RFD. Quando ar seco circula em torno da parte traseira de um mesociclone em uma tempestade, um RFD ocorre. É necessário o ar descendente para produzir um tornado. Na tela do radar Doppler, ele aparece como uma onda vermelha. Abaixo é um triângulo de pixeis verdes ou azuis conhecidos como fluxo de entrada.

  5. 5

    Estude o radar Doppler quanto a uma reflectividade, que representa a intensidade de movimento e de precipitação. Isto irá aparecer em forma de ventilador perto da área do fluxo de entrada.

  6. 6

    Verifique se há uma supercélula em forma de rim ou feijão. Tempestades desta forma tendem a produzir tornados.

  7. 7

    Inspecione imagens de radar quanto a um eco em forma de arco, assim chamado porque é da forma do arco de um arqueiro. Ele aparece como um corcunda lateral vermelho em um campo de pixeis verdes. O arco ocorre quando este converge e ventos fortes existem na baixa atmosfera, causando rajadas de vento violentas e danos às propriedades. A arco é um sinal de que os tornados estão presentes.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível