O impacto da fotografia na sociedade

Escrito por dirk huds Google | Traduzido por diego feijo cabral silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O impacto da fotografia na sociedade
A fotografia mudou a nossa maneira de ver o mundo (photographie image by Laurenzo40 from Fotolia.com)

A fotografia moderna começou em 1839, quando Louis Daguerre inventou seu epônimo daguerreótipo. Esse processo de criação de imagens podia reproduzir uma imagem fugaz em uma placa de metal em apenas 30 minutos. Desde então, a fotografia passou por muitas etapas de desenvolvimento — do filme de 35 mm à imagem digital — e teve um impacto significativo em muitos aspectos da sociedade.

Outras pessoas estão lendo

Memória

A fotografia mudou a forma como lembramos das coisas. Ela oferece instantaneidade e tem a capacidade de capturar eventos reais — uma fatia da realidade. Roland Barthes, um teórico preeminente da fotografia, disse que ela é a "contingência soberana," o que significa que depende de alguma coisa a mais que esteja acontecendo. Agora nós olhamos para fotografias como a confirmação da memória.

História

A fotografia teve um grande papel na nossa concepção de história. Historicamente, as fotografias forneceram um registro objetivo de eventos reais. Elas foram fundamentais, por exemplo, na confirmação dos danos da Guerra Civil e dos horrores do Holocausto para o público. No entanto, agora sabemos que imagens fotográficas podem ser manipuladas.

Emprego

Um impacto tangível da fotografia tem sido o número de pessoas empregadas na indústria, particularmente após a introdução do filme de 35 mm nos anos 20 pela Kodak. A inovação significou que eram necessárias inúmeras pessoas para vender e consertar câmeras e filmes. A fotografia também significou novas oportunidades de emprego, como repórteres e editores fotográficos e agências e bibliotecas fotográficas.

Acesso

Em suas primeiras encarnações, a fotografia ainda era um domínio dos ricos. No entanto, a empresa Eastman Kodak, que inventou a câmera instantânea e o filme econômico de 35 mm, colocou o poder da fotografia nas mãos do público em geral. Todo mundo poderia apontar e clicar uma câmera, fazendo da fotografia a forma de arte mais amplamente utilizada.

Ciência

A capacidade de registrar o mundo como ele é fez da câmera uma ferramenta inestimável para a pesquisa científica. Em seus primeiros dias, ela era usada para registrar evidência de pesquisas de campo, retratar o povo de tribos remotas ou descobertas de novas espécies animais. Por exemplo, a habilidade de Eadweard Muybridge de disparar fotografias consecutivas em rápida sucessão demonstrou que um cavalo fica com as quatro patas fora do solo em alguns momentos enquanto corre. A tecnologia fotográfica levou diretamente à inovação científica no mapeamento cerebral e na avaliação do corpo humano.

Arte

Poderia se argumentar que a invenção da fotografia libertou as artes tradicionais (pintura, escultura e até a literatura) do jugo da representação. Anteriormente, a arte havia sido usada simplesmente para reproduzir o mundo, mas a fotografia podia fazer isso melhor do que qualquer outra forma de arte e muito mais rapidamente. O artista teve que encontrar novos modos de operação, e mudanças sísmicas na produção de arte, do modernismo ao expressionismo abstrato, foram concebidas na esteira da fotografia.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível