Informações sobre a asma com estado de mal asmático

Escrito por maryann depietro | Traduzido por marla maisonnett
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Informações sobre a asma com estado de mal asmático
O estado de mal asmático pode oferecer risco de vida e levar à falha respiratória (intubation image by Stef Run from Fotolia.com)

A asma com estado mal asmático, ou asma aguda grave, é um ataque de asma grave que oferece risco de vida. Durante o seu acontecimento, as vias aéreas se estreitam e a respiração torna-se severamente prejudicada. De acordo com o Hospital Infantil Penn State, ela se desenvolve quando uma pessoa, ao ter um ataque de asma, não responde ao tratamento padrão. O ataque de asma continua e piora, e embora o problema possa ser revertido, é necessário o tratamento imediato para evitar a insuficiência respiratória.

Outras pessoas estão lendo

Fatores de risco

Crianças e adultos podem desenvolver esse estado. Pessoas que não seguem o tratamento para a asma e tem frequentes surtos de sintomas, estão em risco de desenvolver esse problema. De acordo com o Hospital Infantil Penn State, as pessoas que de baixa renda pode estar em risco devido a falta de cuidados médicos. Uma pessoa que já sofreu com esse mal no passado está em risco de desenvolver a doença novamente.

Causas

São diferentes as causas que podem provocar um ataque de asma, e de acordo com o Hospital da Mulher de Brigham, as mesmas causas podem levar ao desenvolvimento do estado de mal asmático. As causas mais comuns são alérgenos como o pólen e a poeira; o tempo frio e exercícios podem induzir um ataque de asma grave em algumas pessoas; infecções respiratórias também podem conduzir um ataque de asma grave a desenvolver ao estado asmático.

Sintomas

Os sintomas de asma com estado de mal asmático são extrema falta de ar, chiado, tosse e ansiedade. Conforme o quadro se agrava, o chiado pode não ocorrer por causa da severa restrição do fluxo de ar. A pele pode ficar azul devido a falta de oxigênio no organismo. Os sons respiratórios já não podem ser ouvidos. Os sintomas podem progredir ao ponto do paciente parar de respirar e entrar em uma parada cardíaca, o que significa que o coração deixa de funcionar corretamente.

Tratamento

De acordo com o Hospital Penn State Children, broncodilatadores, que relaxam as vias aéreas e ajudam a melhorar o fluxo de ar, são dados através de um nebulizador. Os corticosteroides também são indicados para reduzir a inflamação das vias respiratórias que ocorre durante o ataque. Como os níveis de oxigênio no organismo podem reduzir, talvez seja preciso oxigênio suplementar. Em casos de insuficiência respiratória, um tubo de respiração é inserido na traqueia, e um ventilador pode ser usado para ajudar o paciente a respirar.

Prevenção/Solução

O tratamento precoce é necessário para reverter os sintomas e impedir o avanço para o estado de mal asmático. Medicamentos devem ser tomados conforme prescritos pelo médico. Os pacientes devem aprender sobre os vários tipos de medicamentos usados no tratamento, eles precisam entender a diferença entre os broncodilatadores de ação rápida, considerados medicamentos de resgate, e medicamentos de manutenção. Eles também devem saber o que faz com que seus sintomas de asma se desenvolva e devem aprender a tomar as devidas precauções.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível