Como interpretar leituras de temperatura do SpeedFan

Escrito por megan koos | Traduzido por élvio cunha
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como interpretar leituras de temperatura do SpeedFan
CPUs e placas gráficas funcionam mais quentes que outros componentes internos. Temperaturas entre 30 e 40 ºC são ideais (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Quando se trata de hardware de computador, mais frio é sempre melhor. É altamente improvável que você nunca terá que se preocupar com temperaturas mínimas de segurança, a menos que esteja trabalhando em um ambiente extremo, como o espaço exterior, o fundo do oceano ou a Antártida. As temperaturas máximas variam por componente. Verifique as especificações técnicas do seu hardware para as temperaturas mínimas e máximas de segurança. Como exemplo, placas de vídeo nVidia são classificadas para uma temperatura máxima de cerca de 105 graus Celsius.

Nível de dificuldade:
Fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Inicie o SpeedFan.

  2. 2

    Reveja as temperaturas listadas. A guia "Leituras" vai lhe dar uma lista de temperaturas internas obtidas com os sensores de temperatura interna em seu sistema. O SpeedFan também pode monitorar e ajustar a velocidade da ventoinha dos ventiladores conectados diretamente à placa-mãe. Alterações das temperaturas são visíveis na aba "Leituras" pressionando o botão "Configurar". Você pode marcar ou desmarcar as temperaturas que deseja monitorar.

  3. 3

    Olhe para os ícones próximos às leituras de temperatura. Marcas de seleção verdes significam que o componente está funcionando em uma temperatura segura. Uma seta azul para baixo significa que o componente está funcionando mais frio do que o normal ou está em declínio na temperatura. Uma seta para cima vermelha significa que a temperatura do componente está aumentando. Um ícone de chama significa que o componente está sendo executado em temperaturas acima da normal.

  4. 4

    Compare as leituras de temperatura com as mínimas e máximas para o seu hardware. Se o equipamento está funcionando dentro dos parâmetros de segurança, você pode ignorar os ícones do SpeedFan. Usar os componentes em temperaturas próximo à máxima de segurança pode reduzir a vida útil deles.

  5. 5

    Compare as temperaturas ao longo de um período de tempo na guia "Gráficos". Selecione o componente que pretende monitorar na lista no painel abaixo da área do gráfico preto. Isso lhe dará uma boa ideia das temperaturas que seu hardware alcança ao longo do tempo. É uma medida melhor do que estáticas de um único momento.

Dicas & Advertências

  • A temperatura externa vai influenciar a temperatura interna de seu computador. É por isso que salas de servidores são mantidas frias.
  • Limpe regularmente os seus ventiladores. Acumulo de pó reduzirá o fluxo de ar, e as temperaturas aumentarão.
  • Compre novos ventiladores que rodam mais rápido ou mais eficientemente para melhorar a refrigeração.
  • Você pode alterar as leituras de temperatura do SpeedFan de Celsius para Fahrenheit. Vá para a guia "Opções" no menu "Configurar" e selecione "Celsius" ou "Fahrenheit".
  • Não use o SpeedFan para alterar as velocidades de seus ventiladores, a menos que você saiba o que está fazendo. Diminuir a velocidade do ventilador pode elevar a temperatura interna, possivelmente para níveis inseguros. Definir as velocidades dos ventiladores, através do SpeedFan, para rotações estáticas pode impedir que seu hardware compense o aumento de trabalho -- e, portanto, o aumento de temperatura --, o que pode levar ao superaquecimento.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível