Limpeza de desintoxicação para névoa no cérebro

Escrito por tracii hanes | Traduzido por juliana ferreira dos anjos
Limpeza de desintoxicação para névoa no cérebro
Uma desintoxicação do organismo pode ajudar a melhorar o funcionamento do cérebro (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Névoa no cérebro é um termo usado para descrever o funcionamento cognitivo prejudicado. Muitas condições podem causar a névoa, como hipotireoidismo e síndrome de fadiga crônica, tornando o diagnóstico formal indispensável para encontrar o tratamento. O uso de ervas, suplementos nutricionais e outras medidas podem ajudar a acelerar a remoção de substâncias nocivas do organismo para combater potencialmente a névoa do cérebro.

Ajudas de desintoxicação

A capacidade que o fígado tem de filtrar as substâncias tóxicas é vital para o funcionamento de outros órgãos, como o cérebro. De acordo com o site Umm.edu, o cardo de leite protege o fígado das toxinas e pode ajudar no crescimento de novas células hepáticas. Além das propriedades diuréticas, a raiz de dente de leão ajuda a estimular o fluxo de bílis no fígado e pode ser útil durante a desintoxicação, especialmente quando tomada junto com o cardo de leite.

Os suplementos com propriedades diuréticas e laxativas ajudam a acelerar a desintoxicação através do cólon e do trato urinário. Raiz de dente de leão, uva ursi e vitaminas do complexo B aumentam a produção de urina, enquanto semente de psyllium, suco de aloe vera e sena ajudam a promover os movimentos intestinais regulares.

Outras ervas que podem ser benéficas durante um regime de desintoxicação incluem alho, raiz de bardana e açafrão.

Ervas estimulantes

Os estimulantes são substâncias que aumentam a energia e o estado de alerta. Tanto erva-mate quando chá verde são valorizados por suas propriedades estimulantes. Eles contêm componentes chamados polifenóis que podem ajudar a prevenir os danos de radicais livres nas células, de acordo com o site NaturalNews.com. O ginseng coreano e o guaraná também são populares por suas propriedades estimulantes.

Embora não seja realmente um estimulante, o ginko biloba pode melhorar a cognição através dos efeitos circulatórios. De acordo com o site RxList.com, o ginko pode ser eficaz em retardar os déficits cognitivos relacionados com a doença de Alzheimer e o envelhecimento. Isto ocorre através do trabalho de aumentar o fluxo sanguíneo para o cérebro e outros órgãos, proporcionando, assim, mais oxigênio. A dose diária recomendada de ginko para melhorar o funcionamento cognitivo é entre 120 mg e 240 mg, de acordo com o AAfp.org.

Dicas e conselhos adicionais

Coma frutas e vegetais frescos e orgânicos em abundância durante a sua desintoxicação, evitando refeições pesadas ricas em gordura e carboidratos refinados. Algumas pessoas optam por uma desintoxicação rápida, embora ela possa não ser segura ou necessária para todos.

Pelo fato da pele ser o maior órgão de eliminação do corpo, as atividades que aumentam a transpiração são de grande ajuda na desintoxicação. Exercícios vigorosos e uso de sauna são duas maneiras excelentes de limpar as toxinas que podem afetar o funcionamento do cérebro. Esfoliar depois de uma sessão de treino ou sauna pode ajudar a limpar as toxinas das camadas superiores da pele e as células mortas.

Aviso

Algumas ervas e suplementos podem causar interações perigosas quando tomados com certos medicamentos. Para evitar sérios efeitos colaterais, converse com seu médico antes de tentar um desintoxicação do cérebro em casa.