Maneiras de aprender a fazer embaixadinhas

Escrito por mike biscoe | Traduzido por victor dajas
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Maneiras de aprender a fazer embaixadinhas
O treino de embaixadinhas é uma excelente maneira de trabalhar no controle de bola (PhotoObjects.net/PhotoObjects.net/Getty Images)

O treino de embaixadinhas é uma excelente maneira de trabalhar no controle de bola. Não é tão fácil quanto os profissionais fazem parecer e levará tempo até você aprender. No entanto, uma vez aprendida, ela pode ser usada como uma arma única no arsenal de um jogador. Fisicamente exigente e divertida, masterizar as embaixadinhas significa valiosa posse de bola no campo.

A mente

Não se culpe caso não seja tão habilidoso. Inicialmente, você vai perder o controle frequentemente, por isso é importante entrar com essa mentalidade. Aprender a fazer embaixadinhas leva tempo, paciência e persistência. Embora possa parecer impossível no início, essa é uma habilidade que qualquer pessoa pode aprender.

Pratique em algum lugar que você se sinta confortável. Algumas pessoas se sentirão menos confortáveis praticando na frente de outras. Se esse é o seu caso, vá a algum lugar tranquilo para que o seu foco permaneça nas embaixadinhas. Um quintal ou pátio vazio são boas opções. Uma boa dica é praticar na grama, pois assim você não terá que perseguir a bola quando errar. Além disso, use calçados planos no topo. Os cadarços não deverão atrapalhar desde que os nós não sejam muito grandes.

Treine todos os dias e sua habilidade aumentará muito mais rápido. Até 15 minutos por dia são suficientes. O treino diário mantem a mente e o corpo em forma. Se a prática não estiver indo bem, não force.

O começo

Comece os treinos usando a coxa de sua perna dominante. Eleve a coxa de maneira que ela fique paralela ao chão. Segure a bola com as duas mãos e solte-a sobre o meio da coxa. Antes delas se chocarem, levante a perna cerca de 2,5 a 5 cm. Isso enviará a bola para cima. Se você executou o movimento direito, a bola virá de encontro às mãos. Tente acertar a bola exatamente com o meio da coxa; se ela bater mais próxima ao joelho, irá muito para frente; se bater mais próxima a cintura, não subirá suficientemente.

Repita essa etapa para a outra perna. Uma vez confortável, tente bater duas vezes, uma em cada coxa, antes de segurar a bola. O objetivo é manter a bola sempre no alcance dos joelhos. Depois disso, tente fazer o mesmo, mas com os pés. Solte a bola e chute-a suavemente com a parte superior do pé, sobre o cadarço, para que a bola volta às suas mãos. Não persiga a bola, tente sempre fazê-la vir até você.

Dicas gerais

Deixe a direção da bola determinar que parte do corpo você usará. Se o último toque a mandou muito para o alto, tente cabeceá-la, usando a parte central da testa. Em seguida, deixe-a cair até a coxa ou os pés para outro toque. Para os iniciantes, esta pode ser uma grande alegria, embora a bola provavelmente será mandada para longe.

Uma vez que você consiga fazer 20 repetições confortavelmente, caminhe lentamente fazendo embaixadinhas, focando em, eventualmente, começar a correr. O futebol não é um esporte parado e, portanto, não é possível usar embaixadinhas sem se mover em uma partida. No entanto, ser capaz de fazê-las em movimento pode se revelar uma habilidade extremamente útil.

Por último, ao acertar a bola, mantenha em mente que o objetivo é sempre ter o controle da bola, portanto, seus toques devem ser suaves e controlados.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível