Como melhorar a independência do polegar para dedilhados na guitarra

Escrito por greg johnson | Traduzido por mark borst
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como melhorar a independência do polegar para dedilhados na guitarra
Dedilhando na guitarra (Jupiterimages/Goodshoot/Getty Images)

Dedilhar na guitarra abre muitos caminhos para a composição e variedade para tocar, permitindo a imitação de instrumentos, como o piano. As peças clássicas também contam com o uso de todos os dedos da mão direita ao mesmo tempo. Como o polegar é, muitas vezes, responsável por linhas de baixo que podem ou não corresponder ao ritmo da melodia, ganhar independência do polegar em relação aos outros quatro dedos da mão direita é essencial para uma técnica de dedilhar eficiente.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Guitarra elétrica ou violão
  • Metrônomo

Lista completaMinimizar

Instruções

    Como treinar o dedilhado

  1. 1

    Com o metrônomo mantendo um ritmo relativamente lento (80 a 90 batimentos por minuto), inicie uma linha de baixo com o polegar. Mantenha um ritmo constante, tocando a sexta corda aberta, em seguida, toque a quarta e volte para a sexta. Toque isto por quatro a cinco minutos para ganhar uma memória muscular. Se necessário, estenda por várias sessões de treinos.

  2. 2

    Escolha as três primeiras cordas usando seu indicador, dedos médio e anelar entre as notas graves. Mantenha o metrônomo correndo em um ritmo lento e continue tocando este exercício por pelo menos cinco minutos a cada sessão prática. Neste exercício, você deve se estender ao longo de várias sessões para construir a coordenação e uma memória muscular.

  3. 3

    Saiba que você deve tocar notas colcheias ou semínimas em um ritmo bastante simples. Em uma sequência de quatro notas, com duas notas graves e duas notas do acorde (as três primeiras cordas da Etapa 2), escolha um dos acordes no mesmo ritmo e uma semicolcheia depois da nota do baixo. Em outras palavras, mantenha todas as notas com a mesma duração, só mude uma nota baixa para uma nota semicolcheia, para que o segundo acorde venha na metade do tempo após a nota de baixo, como no Passo 2.

  4. 4

    Pratique por pelo menos cinco minutos cada sessão e continue até que você já não tenha que se concentrar para manter o ritmo, em seguida, aumente gradualmente a velocidade do metrônomo.

Dicas & Advertências

  • Uma vez que estiver confortável com este exercício em uma velocidade razoável, tente aprender uma canção que precise da técnica de dedilhar. Você deve observar uma maior independência em seu polegar.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível