O que é óleo hipóide?

Escrito por tom lutzenberger | Traduzido por elcio borges gomes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que é óleo hipóide?
Conjunto de engrenagens em linha. (Image by Flickr.com, courtesy of R11)

Se você trabalha com motocicletas ou costuma trocar o fluido de transmissão de sua moto, você já deve ter sido apresentado ao óleo hipóide quando se aventurou na mecânica. Apesar disso, a maioria das pessoas não tem ideia do que são óleos hipóides, muito menos a sua finalidade.

Outras pessoas estão lendo

O que é hipóide?

O termo "hipóide" tem mais a ver com o formato das engrenagens do que com óleo. Antigamente, a engenharia automotiva usava engrenagens que trabalhavam em linha, no mesmo plano. Quando se pensa em engrenagens, essa visão de engrenagens trabalhando em linha nos vem à mente, pois era o modo como eram representados os grandes maquinários quando assistíamos desenhos animados quando crianças. No entanto, os projetistas automotivos logo descobriram que este tipo de engrenagem era ineficiente e muito barulhento. Assim, o desenho de engrenagens "hipóides" foi inventado. Basicamente, são duas engrenagens em forma de árvores de Natal (dentes helicoidais) que se engrenam em ângulos de 90 graus ou similares. A engrenagem hipóide reduziu o ruído e a vibração, permitindo maior torque. O projeto foi tão bem sucedido que todos os carros e veículos hoje usam-no como padrão em caixas de transmissão. Devido à pressão mais elevada sobre as engrenagens, a lubrificação delas tem que incluir ingredientes para fornecer maior proteção contra o desgaste. Este óleo especial para engrenagens é projetado para suportar maior pressão.

Óleo de engrenagens em geral

Todos os tipos de veículos utilizam óleo ou fluido nas caixas de marchas. Ele lubrifica as transmissões diferenciais do eixo de roda e outras peças. Para evitar o desgaste das engrenagens, o nível de viscosidade em óleos de engrenagens é muito mais elevado do que nos lubrificantes do motor. Com o passar do tempo, se não for limpo e trocado, o óleo velho pode virar lama e vai prejudicar a rotação das engrenagens, reduzindo o desempenho do motor. É por isso que se recomenda a troca do fluido da transmissão junto com as trocas regulares de óleo do motor.

Diferenças do óleo hipóide

Especialmente em câmbios manuais e similares, o óleo hipóide é o lubrificante recomendado. É um óleo de caixa de câmbio, assim como os outros, mas com componentes diferentes, sendo misturado com aditivos destinados à aumentar a resistência à quebra sob altas temperaturas e sob pressão mecânica produzida nas engrenagens hipóides.

Cuidado regular economiza dinheiro e melhora o desempenho

Assim como acontece com todos os fluidos do motor, a manutenção e troca regular prolonga a vida útil do veículo e seu desempenho. O benefício mais evidente é a lubrificação; peças bem lubrificadas têm menor probabilidade de quebra ou ruptura sob pressão. Outra característica é que o óleo capta a sujeira, aparas metálicas do mecanismo e outros sedimentos. A troca de óleo evita todo esse material nocivo e repõem lubrificante novo. Se o óleo não for trocado, causará a sua sedimentação nas engrenagens causando quebras. Alguns especialistas recomendam o uso de fluido sintético na caixa de marchas ao invés de óleo mineral. Fluidos sintéticos duram mais tempo, demonstrando melhor desempenho. No entanto, se você pensar no aspecto de desperdício, ambos têm o mesmo tempo de troca, então a escolha fica à critério do proprietário.

Concusão

Caixas de transmissão hipóides são um avanço na eficiência do projeto automotivo, mas elas necessitam de lubrificação especial para funcionar bem. Este fluido aditivo misto, o óleo hipóide, é o padrão para a transmissão e continuará a ser, até que o desenho das engrenagem seja alterado para algo mais avançado. Tanto motos como carros usam óleo hipóide, mas visto que as motocicletas usam mais o sistema de engrenagens em linha, os carros são os usuários predominantes.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível