O que é um oligopólio?

Escrito por chirantan basu | Traduzido por bruno queiroz
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

Um mercado controlado por um punhado de empresas é conhecido como um oligopólio. Por exemplo, até o início de 2011, a maioria dos computadores desktop (de mesa) vendidos continham o sistema operacional Windows da Microsoft ou o Mac da Apple. Outro exemplo são as empresas aéreas Boeing e Airbus, que dominaram o mercado de aviões de longas distâncias. No oligopólio, ao contrário de um monopólio, onde uma empresa domina um mercado, as estratégias de marketing e operacionais das empresas estão interconectadas.

Outras pessoas estão lendo

Características

As características dos oligopólios incluem barreiras à entrada nesse segmento, um número limitado de empresas e do poder de definir preços. As barreiras incluem o tamanho, a complexidade dos produtos, custos iniciais elevados, a legislação vigente e a capacidade limitada de distribuição. Por exemplo, é difícil e caro construir um avião ou fazer com que os usuários migrem suas aplicações e programas atuais para um novo sistema operacional. Quando um número limitado de empresas operam em um mercado, elas podem aumentar os valores, repassando o custo das matérias-primas, dentre outros, para os seus consumidores, mantendo ou até mesmo aumentando as margens de lucro.

Comportamento

A quantidade de empresas em um mercado afeta o comportamento de cada uma delas. Em um oligopólio, o aumento das vendas de uma empresa causa impacto sobre as outras. Por exemplo, se uma empresa aumenta as vendas sem modificar os preços, as vendas das outras empresas são geralmente reduzidas. Se as vendas aumentam devido a descontos e outras promoções, é possível que a demanda aumente porque mais compradores vêm atraídos pelos preços mais baixos. Essas promoções também podem tirar participação de mercado das outras empresas que serão, então, forçadas a responder, reduzindo os preços, aumentando os esforços promocionais ou cortando gastos para manter os lucros.

Preço

Uma guerra de preços em um oligopólio não ajuda a ninguém, pois reduz o preço total e, consequentemente, os níveis de lucro. Estratégias de venda e de aumento de lucro, portanto, devem se basear em outros fatores, tais como qualidade do produto, o nível de serviço de atendimento ao cliente e operações mais eficientes. Enquanto as reduções de preços por uma empresa tendem a ser acompanhadas pelas outras em um oligopólio, os aumentos de preços podem não ser, pois as outras empresas tentariam ganhar uma maior fatia de mercado. As agências reguladoras não permitem conluio em um oligopólio, onde um pequeno número de empresas se reúnem para dividir mercados e estabelecerem preços que maximizem seus lucros.

Estratégias

Os gerentes dessas empresas devem antecipar as ações dos colegas, porque suas estratégias são interdependentes. Por exemplo, durante uma recessão, se as empresas não reduzirem simultaneamente seus níveis de produção, a oferta pode superar a demanda, o que levaria a preços mais baixos e, consequentemente, menores lucros para todos. Isso significa que os gerentes devem conhecer as empresas dos seus concorrentes e possuir a confiança das outras empresas oligopolistas para que atuem em favor dos seus interesses em comum.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível