on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

Parques e chapadas do Brasil que você precisa conhecer

Alessandra Cisternino/iStock/Getty Images

Introdução

O Brasil é internacionalmente famoso por suas incontáveis belezas naturais. E as paisagens de cair o queixo não se resumem a praias e dunas, embora o país seja também imbatível neste quesito. O território é permeado de cenários pra lá de paradisíacos, com muito verde, montanhas, cachoeiras e a presença de animais de todas as variedades. Tudo isso pode ser devidamente observado nas impressionantes chapadas brasileiras e também nos parques nacionais. Não perca tempo: confira aqui a lista dos lugares que você tem de conhecer antes de morrer.

Photodisc/Digital Vision/Getty Images

Chapada Diamantina

A paisagem desta chapada baiana, que mescla cerrado e caatinga, conta com cânions, cavernas, rios, cachoeiras e paredões que deixam o visitante boquiaberto. Aqui são encontradas inúmeras espécies da fauna e flora brasileiras. Para quem gosta de flores, há bromélias e orquídeas, entre outras espécies. Quem busca animais, pode cruzar com o tamanduá-bandeira, por exemplo. As caminhadas até o Morrão e o Morro do Pai Inácio, e até as cachoeiras mais famosas são longas e exigem certo preparo físico. Mas a vista é recompensadora. Os turistas que vão visitar o local geralmente se hospedam na cidade de Lençóis, no interior da Bahia, onde fazem base para a visita ao parque.

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Chapada dos Veadeiros

Rios, nascentes, cachoeiras, paredões e pedras históricas, com até um bilhão de anos. A natureza também é exuberante na Chapada dos Veadeiros, considerado Patrimônio Mundial, em Goiás. O parque no centro do País conta com vegetação típica do Cerrado. A entrada é gratuita e o local fica aberto diariamente durante as férias de janeiro e julho. No restante do ano, o parque funciona de terça a domingo, sendo que o visitante tem de entrar das 8h às 12h, para conseguir fazer as caminhadas. O parque fecha às 18h. A base para visitar a chapada é a cidade Alto Paraíso de Goiás.

Jupiterimages/liquidlibrary/Getty Images

Chapada dos Guimarães

Mais um lugar para andar com a câmera nas mãos para fotografar cada bela paisagem, como cachoeiras, cânions, cavernas. O Parque Nacional Chapada dos Guimarães fica no Estado de Mato Grosso. A vegetação é típica do Cerrado brasileiro, bem como os animais presentes no parque. Entre as atrações do local, conhecido internacionalmente como destino de ecoturismo, está a cachoeira Véu da Noiva, com uma queda de 86 metros. Em seus rios, também se praticam esportes de aventura. O parque fica a apenas 23 quilômetros da capital Cuiabá. Ele também abriga sítios arqueológicos, o que lhe confere um novo fator de interesse.

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Chapada das Mesas

O Maranhão é famoso por um dos maiores atrativos turísticos naturais do Brasil, os Lençóis Maranhenses. Imagine então que este estado do norte do País conta ainda com outro belíssimo ponto turístico, a Chapada das Mesas. Agora você tem de dedicar ainda mais tempo para esta região. Para visitar o parque, use como base as cidades de Carolina, Riachão e Imperatriz. No local, visite as cachoeiras, entre elas a mais famosa, a Cachoeira de Pedra Caída, com uma queda de 50 metros. Lá embaixo, a água forma uma piscina natural, linda e convidativa a um banho. Para chegar à região, há voos da capital São Luís para a cidade de Imperatriz.

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Chapada do Araripe

No Nordeste, quem procura a natureza se depara com a caatinga da Chapada do Araripe. O parque fica entre os estados de Ceará, Piauí e Pernambuco. Ao contrário das anteriores, que são parques nacionais, esta é uma Área de Proteção Ambiental e uma floresta nacional, que formam um geoparque. Além da beleza natural, a chapada também guarda riquezas da época dos dinossauros. Diversos estudiosos já encontraram fósseis no local e a presença de arqueólogos e paleontólogos é constante na região. As maiores cidades do entorno do parque são Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha, pontos de partida para grandes passeios.

Stockbyte/Stockbyte/Getty Images

Parque Nacional Pico da Neblina

O ponto mais alto do Brasil é o Pico da Neblina. E ele está localizado no estado do Amazonas (Região Norte), em um parque nacional considerado uma das maiores reservas florestais de todo o planeta. Fica a 900 quilômetros de Manaus, no município de São Gabriel da Cachoeira, e conta com uma cadeia de montanhas que emociona os visitantes. A vegetação é equatorial, o que significa uma floresta úmida e rica. Além da variada flora, há diversas espécies de animais, como algumas aves ameaçadas de extinção e mamíferos famosos como a onça pintada. A biodiversidade desta região é realmente de entorpecer qualquer um.

Photodisc/Photodisc/Getty Images

Aparados da Serra

O Brasil é imenso e de vegetação, fauna e flora extremamente diversificadas. Ao visitar as chapadas e parques do País, o visitante nota suas diferenças significativas. Depois de passar pelo cerrado e caatinga, no sul do Brasil, o Parque Nacional Aparados da Serra conta com vales e muitas araucárias. O clima também é diverso, frio e úmido. E a névoa dá romantismo ao lugar, também repleto de cachoeiras. O parque abriga os maiores cânions do País, formações que remontam a milhões de anos atrás. Entre os animais presentes na região, estão o lobo-guará e o veado-campeiro. Para visitar o parque, hospede-se nas cidades de Praia Grande, em Santa Catarina, ou Cambará do Sul, já em território gaúcho.

NA/AbleStock.com/Getty Images

Parque Nacional do Iguaçu

O Parque Nacional do Iguaçu é famoso pelas imponentes cataratas, de beleza reconhecida internacionalmente. As quedas, divididas em territórios brasileiro e argentino, são inúmeras, com alturas que variam entre 150 e 270 metros, dependendo do volume da água. O parque, que protege a bacia do rio Floriano e a Mata de Araucária, é rico em espécies de animais e plantas. Em torno do parque, ficam 14 municípios, como o de Foz do Iguaçu, com infraestrutura hoteleira. O ingresso custa R$ 33, mas há descontos para moradores do Brasil e de países do Mercosul. Aproveite o passeio pela região para conhecer a Usina Hidrelétrica de Itaipu.

Michael Regan/Getty Images Sport/Getty Images

Parque Nacional da Floresta da Tijuca

O Rio de Janeiro continua lindo. E a quantidade de atrações a serem visitadas é enorme. Entre elas, está o Parque Nacional da Tijuca, que abriga outra riqueza, o imponente Cristo Redentor. Quem quiser fazer mais do que pedir as bênçãos do Cristo, encontrará grutas e cachoeiras. Os mirantes também oferecem vistas indescritíveis da Cidade Maravilhosa. Os mais famosos são o Mirante Dona Marta (no caminho para quem sobe para o Corcovado) e o Vista Chinesa. O acesso para a estátua é cobrado. Para as demais áreas do parque, o acesso é gratuito. Este é um passeio obrigatório para quem vai à capital fluminense.

Ryan McVay/Lifesize/Getty Images

Parque Nacional Serra da Bocaina

Um cenário único espera o visitante que for à Serra da Bocaina. O Parque Nacional se estende desde a cadeia de montanhas, com mais de 2 mil metros de altitude, até o nível do mar. São ao todo 104 mil hectares distribuídos em dois municípios do Rio de Janeiro (Paraty e Angra dos Reis) e quatro de São Paulo (São José do Barreiro, Areias, Cunha e Ubatuba). A fauna e flora são riquíssimas, com várias espécies endêmicas e ameaçadas de extinção. Entre os principais pontos turísticos estão as cachoeiras de Santo Izidro, das Posses e do Veado. Há ainda a Pedra do Frade, a Praia do Caixa d'Aço e o Caminho de Mambucaba.