As partes de uma aeronave

Escrito por dennis hartman | Traduzido por erica priscila de souza
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
As partes de uma aeronave
Partes de um avião (avião image by fran_ from Fotolia.com)

O avião moderno é uma máquina complexa com vários sistemas trabalhando juntos para fazer o voo controlado possível. Ainda assim, os aviões de hoje compartilham certas características básicas com a aeronave anterior estabelecida na indústria da aviação. Todos os aviões compartilham certos componentes fundamentais.

Outras pessoas estão lendo

Motores

Um avião sem motor seria, mais propriamente, chamado de planador, então uma fonte de energia é uma parte essencial de um avião. A maioria dos aviões usam hélices, que são movidas por um motor de combustão interna, ou motores a jato, que usam turbinas para criar pressão. Os motores utilizados em um avião de hélice são semelhantes aos de um carro ou caminhão e, geralmente, são turbinados para produzir mais potência em altas altitudes. Motores movidos a descargas de ar comprimido na turbina, fornecem mais energia do que hélices e permite que os aviões voem mais rápido e com maior altitude.

Cabine

O interior de um avião, conhecido como cabine, é subdividido em várias seções, como a cabine de carga, a cabine de passageiros e a de comando. O comprimento do corpo do avião é conhecido como a fuselagem. A cabine de comando, ou convés de voo, está localizada na parte da frente do avião e contém cabine do piloto com todos os instrumentos e controles necessários para que o avião voe. Dentro da cabine de passageiros, encontram-se as áreas de estar, banheiros e cozinha. A cabine de passageiros também contém áreas de estocagem e, muitas vezes, equipamentos de lazer, tais como monitores de televisão.

Lemes

Para que um avião possa ser guiado pelo piloto, ele deve conter um sistema de lemes e abas nas asas, que podem ser controlados a partir da cabine de comando. O leme é uma aba vertical localizada na cauda do avião, ligada ao estabilizador vertical (que se assemelha a uma asa vertical). O leme está ligado para mudar a guinada do avião, direcionando-o para a esquerda ou direita. O estabilizador horizontal, também na parte de trás do avião, pode ser ligado para controlar o movimento ascendente e descendente. Outras abas nas próprias asas, conhecidas como ailerom, controlam a parte cilíndrica do avião de lado a lado, o que é útil para fazer curvas mais fechadas.

As asas

É claro que um avião necessita de asas para voar. Asas proporcionam levantamento através da manipulação dos fluxos de ar que se formam sobre elas, criando áreas de alta e baixa pressão abaixo e acima da asa da aeronave e puxando para cima. A aerodinâmica das asas é um processo complexo que envolve testes extensos, incluindo o uso de túnel de vento para medir os efeitos do mesmo e pequenas mudanças na forma de uma asa ou material do lado exterior. Asas contêm abas que o piloto pode mudar para aumentar ou diminuir a quantidade de elevação durante a decolagem ou pouso.

Dentro da cabine do piloto

Uma cabine de comando de um avião contém um vasto sistema de controles que estão disponíveis para o piloto e controlam todas as outras partes da aeronave. Os freios e leme são controlados de forma semelhante à condução de um carro, com um volante e pedais diversos. Motores podem ser ligados para subir ou para descer com uma alavanca manual. Aviões modernos também incluem tecnologia mais avançada tal como radar de posicionamento por satélite, os quais são mostrados em uma série de painéis em frente ao piloto. A cabine de comando também contém todo o equipamento de rádio necessário para a comunicação com o controle de tráfego aéreo na terra.

Não perca

Recursos

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível