Como fazer pimentas híbridas

Escrito por serena styles Google | Traduzido por ana carolina prado almeida
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fazer pimentas híbridas
A pimenta híbrida terá um aspecto diferente das outras plantas (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

Milhares de variedades e espécies de pimentas são cultivadas em todo o mundo, variando em aparência e gosto. Um traço notável das pimentas é que elas são autoférteis ou hermafroditas, ou seja, cada flor contém órgãos reprodutores de ambos os sexos. Para cruzar pimentas com quase 100% de sucesso, você deverá castrar a flor que pretende tornar híbrida, impedindo a autopolinização. Uma vez que a polinização manual seja completada, a pimenta resultante quase certamente será híbrida.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Tesoura pequena
  • Luvas de látex
  • Álcool
  • Pinça
  • Laços de torção
  • Agulha de dissecação

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Localize flores em um dos pais da pimenta que estejam quase prontas para florescer. Elas são facilmente distinguidas por suas sépalas desfraldadas ou exteriores verdes, que revelam as pétalas internas da flor. Use uma tesoura pequena e luvas de látex para cortar quaisquer flores que cerquem as que não floresceram, já que elas podem polinizá-las. Corte as flores florescidas a pelo menos 6 mm abaixo do caule, deixando apenas as flores que não floresceram. Lave a tesoura com álcool e coloque um novo par de luvas de látex antes de prosseguir.

  2. 2

    Retire as pétalas internas da flor que não floresceu com uma pinça para revelar seu interior. Você verá vários estames, os órgãos masculinos da flor. Utilize as pequenas tesouras para cortar os estames, deixando apenas o pistilo no centro da flor. Enrole um laço de torção em torno do caule para marcá-lo e repita em quantos quiser. Lave as tesouras e pinças com álcool e coloque um novo par de luvas de látex antes de prosseguir.

  3. 3

    Repita o processo de emasculação na segunda planta com, pelo menos, uma flor. Não descarte os estames removidos. Corte o lado de um estame com uma agulha de dissecação e use a ponta para colher o pólen. Aplique o pólen no pistilo exposto, conhecido como estigma, em uma das flores do outro progenitor da planta da pimenta. Repita com os estames restantes e pistilos expostos.

  4. 4

    Observe as flores polinizadas. Dentro de três a quatro dias, o ovário, localizado abaixo do pistilo, começará a inchar. Esse é um sinal de polinização bem sucedida. O fruto resultante e as sementes posteriores são as pimentas mestiças. Se os ovários não incharem, a polinização não foi bem sucedida. A causa mais comum de uma polinização fracassada são danos ao pistilo durante a emasculação.

Dicas & Advertências

  • Você pode comprar agulhas de dissecação de muitas lojas com especialidade em jardinagem e sites de abastecimento científico. Se não quiser comprar uma agulha de dissecação, corte o lado do estame com uma tesoura e retire o pólen com um cotonete.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível