Pitaia e apodrecimento do caule

Escrito por quentin coleman | Traduzido por maria renata c. m. siqueira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Pitaia e apodrecimento do caule
As flores da pitaia florescem à noite (Medioimages/Photodisc/Photodisc/Getty Images)

A pitaia (Hylocereus undatus) é um membro da família dos cactos conhecida por sua fruta colorida e ornamental. É nativa do México e está presente nas regiões tropicais da Ásia, América do Norte e América do Sul. Os seus caules podem crescer até seis metros, e suas flores podem atingir 30 cm em diâmetro e comprimento. Vários patógenos de bactérias e fungos podem causar doenças que apodrecem os caules das plantas da pitaia, comprometendo sua aparência e ameaçando a sobrevivência de toda a planta.

Outras pessoas estão lendo

Apodrecimento do caule por bactéria

Uma variação da bactéria Xanthomonas campestris está associada ao apodrecimento do caule na pitaia. Esse tipo de bactéria possui um grande número de variações que atacam diversas plantas, incluindo vegetais e espécies de árvore. O apodrecimento desse caule também é chamado de podridão negra, pois os tecidos infectados ficam com uma coloração preta ou marrom escura. Controlar pestes de insetos é uma parte integral do controle da doença, sendo o pulgão e o ácaro pestes comuns que podem transmitir vírus e bactérias para as plantas saudáveis. Segundo a Rede Internacional de Frutas Tropicais, a bactéria Erwini caratovora é conhecida por causar a doença na Malásia, que é um dos maiores produtores de pitaia.

Apodrecimento da raiz por fungos

Vários agentes fúngicos podem danificar os caules da sua pitaia. O fungo Fusarium oxysporium é um patógeno problemático responsável por doenças em árvores, arbustos ou plantas herbáceas. Ele causa uma leve descoloração do tecido infectado e faz com que os caules percam sua consistência, segundo o Ministério de Agricultura, Alimentos e Assuntos Rurais de Ontário, no Canadá. Os frutos normalmente quebram já que o apodrecimento destrói o seu material fibroso. Outros fungos, como o Pantoea genus, também estão associados a essas doenças na pitaia.

Impacto

Os longos caules da pitaia são importantes quando se trata do apodrecimento das raízes. Se a base da raiz for infectada, todo o caule e todas as folhas, flores e frutas ligadas a ele poderão murchar. As plantas infectadas sofrem um alto risco de sofrer dano ambiental, causado por seca ou calor excessivo, e se tornam mais suscetíveis a serem atacadas por outros patógenos. As descolorações amarelas ou marrons resultantes das doenças de apodrecimento do caule minam o valor estético das plantas da pitaia, que são precificadas por seu valor ornamental.

Controle

Inspecionar as pitaias regularmente e garantir que elas estão crescendo em um ambiente saudável é essencial para a prevenção de um surto de doenças no caule. Os solos pesados ficam facilmente saturados não são bons para a pitaia já que o ambiente com excesso de umidade acelera a proliferação dos fungos e enfraquece as plantas ao estrangular sua raiz. Se uma infecção no seu caule for identificada, todos os caules devem ser removidos o mais rápido possível. Os restos também devem ser retirados para não deixar que o fungo sobreviva em um tecido apodrecido no solo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível