Quais são as causas dos pensamentos suicidas?

Escrito por james withers | Traduzido por paula soares
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais são as causas dos pensamentos suicidas?
Os fatores psicológicos e as pressões externas podem causar pensamentos suicidas (Jupiterimages/BananaStock/Getty Images)

Pensamentos suicidas podem afetar a vontade de viver de uma pessoa. Depressão e suicídio estão intimamente ligados. No entanto, a idealização suicida pode ser causada por diversos fatores, incluindo pressões externas, padrões culturais e até mesmo a informação genética de uma pessoa.

Outras pessoas estão lendo

Desequilíbrios químicos

Desequilíbrios químicos no cérebro, como a diminuição dos níveis de serotonina, podem estar relacionados com a presença de ideias suicidas. Durante um processo de reabilitação, um dependente químico pode experimentar pensamentos suicidas, como resultado dos desequilíbrios químicos no cérebro.

Pressões externas

As pressões externas, tais como dificuldades econômicas ou mesmo um aumento súbito do suicídio de celebridades, podem levar pessoas sãs a contemplar pensamentos suicidas.

Hereditariedade

A genética de uma pessoa pode fazer com que ela considere o suicídio como uma opção. Além de imitar os pensamentos e comportamentos de um pai depressivo, esta questão também podem ser afetada por uma doença como a esquizofrenia ou o autismo. Pensamentos suicidas são comuns em indivíduos que estão sofrendo com estas condições.

Cultura

Vincent Mark Durand e David H. Barlow, autores do texto Essentials of Abnormal Psychology (em tradução livre, Fundamentos da psicologia anormal), sugerem que determinados comportamentos suicidas são culturalmente aceitáveis, "como o antigo costume do hara-kiri no Japão, no qual um indivíduo que trouxe desonra para si mesmo ou para sua família deveria cravar uma espada na barriga".

Fatores psicológicos

Depressão e suicídio muitas vezes resultam de fatores psicológicos, como baixa autoestima. A socióloga Emile Durkheim categorizou três diferentes tipos de suicídio em um estudo que envolveu a idealização suicida: suicidas egoístas, anômicos e fatalistas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível