Mais
×

Quais são os santos mais populares entre os brasileiros?

Ian Willms/Getty Images News/Getty Images

Introdução

De acordo com o Censo 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil é o país com a maior população que se autodenomina católica em todo o planeta. Quase 65% dos brasileiros entrevistados se consideram católicos, praticante ou não. Graças ao sincretismo tão difundido no País, outras religiões e mesmo os agnósticos compartilham e absorvem crenças do catolicismo no dia a dia, em especial a devoção pelos santos. Veja uma lista com os santos mais populares entre os brasileiros e que tipo de proteção e ajuda eles supostamente oferecem a seus devotos.

Buda Mendes/Getty Images News/Getty Images

Nossa Senhora Aparecida

O dia 12 de outubro não é somente o Dia das Crianças no Brasil. Nessa data, também é comemorado o Dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do País desde 1929. Essa denominação da Virgem Maria é considerada a mais popular entre os fiéis brasileiros. Sua imagem, negra, envelhecida pelo tempo, foi descoberta em 1717 por pescadores no rio Paraíba. Em sua homenagem, foi construída a Basílica de Nossa Senhora Aparecida na cidade de Aparecida do Norte, em São Paulo, que recebe mais de dez milhões de peregrinos todos os anos, principalmente em 12 de outubro.

Uriel Sinai/Getty Images News/Getty Images

São João

O Dia de São João é sempre motivo de grande festa no Brasil. Todos os anos, o dia 24 de junho é reservado para as comemorações das Festas Juninas. João, o Padroeiro da Amizade, era um primo mais velho de Jesus, responsável por batizá-lo no Rio Jordão e anunciar a chegada do Salvador do Povo Cristão. As fogueiras das festas juninas também tiveram relação direta com a história de João, já que foi com as chamas de uma fogueira que sua mãe, Isabel, anunciou à Virgem Maria sobre o nascimento de João.

Hulton Archive/Hulton Archive/Getty Images

São José

São José, o padroeiro dos trabalhadores ou o padroeiro das famílias, foi um carpinteiro muito humilde e generoso que criou Jesus mesmo sem ser seu pai biológico e sempre se manteve fiel a sua esposa, Maria. Ele também é considerado o protetor da Igreja Católica Romana, graças ao seu ofício de construtor e carpinteiro, sendo responsável pela "construção" da Igreja Católica. O dia 19 de março é dedicado à celebração desse santo que adotou Jesus como seu filho e inspirou o amor e a união entre as famílias cristãs.

Stephen Morris/iStock/Getty Images

São Pedro

Um dos 12 apóstolos de Jesus Cristo, Pedro foi o responsável por espalhar a palavra de Deus pelo mundo. Por isso, se tornou o primeiro e mais longevo Papa da história, com um papado de 37 anos, até sua morte, em 37 d.C. São Pedro é considerado o guardião das chaves do Paraíso, abrindo portas para os fiéis virtuosos na hora da morte. É considerado também o protetor dos pescadores e das viúvas e, seu dia, 29 de junho, marca o encerramento das comemorações das festas juninas.

George Pickow/Hulton Archive/Getty Images

Nossa Senhora de Fátima

Nossa Senhora de Fátima é uma das mais populares entre cerca de duas mil denominações da Virgem Maria, recebendo milhões de fiéis todos os anos em seu santuário na cidade de Fátima, em Portugal. Em maio de 1917, Nossa Senhora teria feito uma aparição nessa mesma cidade e anunciado a três pastorinhos os chamados Segredos de Fátima. Os dois primeiros segredos foram a imagem do inferno e a perseguição comunista na Rússia contra o catolicismo, revelados em 1941. O último segredo, levado à público apenas no ano 2000, foi o atentado contra o Papa João Paulo 2º, sofrido em 13 de maio de 1981, exatamente 64 anos depois da aparição de Fátima.

Peter Macdiarmid/Getty Images News/Getty Images

Sant'Ana

O dia 26 de julho é dedicado ao Dia da Avó. Pouca gente sabe que a data remonta a antes do nascimento de Maria. Sant'Ana, mãe da Virgem Maria e avó de Jesus Cristo, era estéril e só conseguiu conceber depois de seu marido, Joaquim, fazer uma longa penitência no deserto, pedindo a Deus que lhe desse um filho. A fé incondicional teria sido fundamental para a concepção. Graças a ela, Sant'Ana se tornou a protetora das famílias, das mulheres estéreis, das donas de casa, costureiras e professoras.

Ghaith Abdul-Ahad/Getty Images News/Getty Images

São Cosme e São Damião

Todos os dias 27 de setembro, as crianças brasileiras saem pelas ruas animadas atrás de saquinhos de doces e guloseimas. Essa tradição é uma prova do sincretismo do País: segundo religiões como o candomblé e a umbanda, São Cosme e São Damião realizam pedidos e promessas em troca da distribuição de doces. Os santos gêmeos exerciam a medicina sem cobrar de seus pacientes. Reza a lenda que essa generosidade os levou à morte, depois de uma grande perseguição e martírio causados pelo imperador romano Diocleciano por causa de sua fé em Cristo.

Wiki Paintings

São Sebastião

Padroeiro dos alfaiates, da infantaria, dos soldados e dos atletas, São Sebastião também abençoa o Rio de Janeiro e é considerado também o padroeiro dos homossexuais devido à sua iconografia considerada andrógina. Por ser um dos principais mártires da Igreja Católica, é admirado também por outras religiões -- no candomblé, é chamado de Oxóssi. São Sebastião foi um soldado romano perseguido e martirizado pelo imperador romano Diocleciano por realizar caridade com os cristãos. Ele foi condenado à morte e, mesmo cravejado de flechas, sobreviveu para enfrentar o imperador, mas acabou sendo capturado e chicoteado até a morte.

José Pedro Coelho/iStock/Getty Images

Santo Antônio

Santo Antônio é comumente conhecido no Brasil como o santo casamenteiro, apesar de ser considerado o padroeiro dos pobres. A superstição feminina conta que a imagem do santo deve ser virada de cabeça para baixo e colocada em um copo cheio de água e só deverá ser desvirada quando a mulher enfim conseguir se casar. Essa tradição começou com o hábito de Antônio de Pádua de ajudar mulheres pobres a conseguir pagar os dotes, obrigatórios para que o casamento fosse realizado. Nas festas juninas, o 13 de junho é o dia de realizar o famoso "casamento na roça", no qual um matrimônio é simulado.

Rostislav Ageev/iStock/Getty Images

São Jorge

São Jorge, padroeiro de diversos países católicos, anglicanos e ortodoxos, foi um soldado, cavaleiro e padre nascido na Capadócia. Seu dia é 23 de abril, data de sua morte depois de ser perseguido como mártir pelo Imperador Diocleciano. Lendas medievais contam que Jorge e seu cavalo teriam vencido um feroz dragão para salvar sua princesa consorte. Já as regiões afro-brasileiras dizem que Jorge (chamado de Ogum) vive na lua e a "mancha" que vemos nela seria a silhueta do guerreiro com seu inseparável cavalo, lutando eternamente contra o dragão.

Joris Van Ostaeyen/iStock/Getty

São Francisco de Assis

Francisco de Assis é um dos santos mais amados em todo o mundo. A devoção pelo padroeiro dos animais e protetor dos pobres aumentou ainda mais depois da eleição, em 2012, do papa Francisco. Considerado a figura mais importante do Cristianismo depois de Jesus Cristo, Francisco de Assis optou pela vida austera, abdicando de todos seus muitos bens e se dedicando inteiramente à fé e à espiritualidade. Seu dia é comemorado em 4 de outubro. Nessa data, animais de estimação costumam ser abençoados em santuários e igrejas de São Francisco de Assis por todo o Brasil.